‘Tribunal do Crime’ fotografa e divulga imagem de vítima antes de execução em rodovia de SP | Santos e Região

Um homem de 28 anos foi fotografado em um cativeiro antes de ser executado e ter o corpo atirado às margens da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na tarde da última quinta-feira (18). Segundo a Polícia Civil, os corpos dele e de uma mulher, ainda não identificada, estavam com marcas de tiros e hematomas.

Na imagem obtida pelo g1, a vítima esta de camiseta branca, bermuda preta e mechas loiras no cabelo, as mesmas roupas que vestia quando foi encontrado na estrada. Ele também já estava com os pés amarrados com uma corda branca.

A reportagem apurou que ele teria sido espancado e atingido por disparos no braço e tórax. Já a mulher, também morta e deixada na rodovia, estaria com diversas marcas de tiro no rosto.

Uma outra mulher, de 29 anos, foi encontrada baleada, porém com vida. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Complexo Hospitalar Irmã Dulce, na mesma cidade. Segundo a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), que gerencia o Complexo Hospitalar Irmã Dulce, a mulher passou por cirurgia e e está em estado grave.

Informações preliminares obtidas pela Polícia Civil dão conta que as vítimas teriam sido sequestradas por traficantes e que foram julgadas pelo ‘tribunal do crime’, após terem tentado assaltar um ponto.

Homem e mulher foram deixados mortos na beira de estrada em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os corpos foram abandonados por volta de 15h por um carro próximo à Avenida Diamantino Cruz Ferreira Mourão, no bairro Jardim Melvi. Pouco depois, equipes do Samu e da Polícia Militar chegaram ao local. Lá, foram constatadas as mortes de uma mulher e um homem.

De acordo com a Prefeitura de Praia Grande, equipes do Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe) analisam imagens que possam auxiliar a Polícia Civil nas investigações do caso, mas que os vídeos não serão compartilhados à imprensa.

Foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado como homicídio e tentativa de homicídio no 3º Distrito Policial de Praia Grande, porém, na manhã desta sexta-feira (19), foi encaminhado à Delegacia de Investigação Geral (DIG) da cidade.

Polícia investiga o caso, que aconteceu em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

VIDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar