Summit Portos 2022 traz diagnóstico e soluções para o Porto de Santos crescer | summit portos

Realizado pelo Grupo Tribuna, o SUMMIT PORTOS 2022 – CAPACIDADE E PRODUTIVIDADE aconteceu em Brasília na tarde da quinta-feira (1º).

Na abertura do evento, o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, gravou um vídeo dando suas considerações em relação ao avanço portuário do País, onde se mostrou otimista com o panorama econômico do Brasil no futuro.

Sampaio ainda afirmou que a modelagem para o processo de desestatização do Porto de Santos foi encaminhada de maneira informal ao Tribunal de Contas da União (TCU), onde será analisada. “A primeira privatização aconteceu em março, no Espírito Santo, e agora vamos seguindo isso, com Itajaí, São Sebastião e, posteriormente, o Porto de Santos”, afirma.

Diagnóstico e soluções para o setor portuário

Para ele, ao mesmo tempo que o local consegue trazer um retorno do lucro, o que é positivo, também é negativo por esse valor não conseguir ser convertido em investimento para o aprimoramento da infraestrutura.

Já o consultor na área de infraestrutura, economista e professor da FGV, Gesner Oliveira, considerou que o aumento da corrente de comércio exterior é um dos ingredientes fundamentais para o crescimento portuário de maneira sustentável e eficiente.

Convidados do primeiro painel do evento — Foto: Antonio Molina Neto

Atualmente, estamos fora do jogo. Precisamos inserir o Brasil nas principais rotas internacionais para dinamizar o intercâmbio de bens e serviços

— afirmou Nery

No segundo painel do Summit, trazendo as melhores práticas no mundo portuário, Jonas Mendes Constante, diretor de projetos e consultor sênior em estratégia portuária da Fundación Valenciaport, explicou a atuação dos portos europeus, considerados referência mundial em termos operacionais e atendimento aos importadores e exportadores.

Sobre os desafios, para o crescimento portuário em Santos, Mário Povia, secretário nacional de Portos, afirmou que um elemento vital para esta ação é a desestatização. Segundo ele, o cenário na cidade é bom, mas pode ser ainda melhor.

Ainda no último painel da quinta-feira, Patrícia Lascosque, superintendente institucional de logística da Suzano Celulose, reforçou a necessidade de mais investimentos. “Produzimos na Suzano algo em torno de 11 milhões de toneladas por ano e exportamos 95% do nosso produto. Temos que investir tanto em infraestrutura, quanto em superestrutura”, destacou a executiva.

O SUMMIT PORTOS 2022 – Capacidade e Competitividade foi realizado pelo Grupo Tribuna, de Santos (SP). O evento aconteceu no dia 1º de setembro no Brasília Palace Hotel, em Brasília-DF.

A programação foi transmitida ao vivo pela plataforma do evento, com tradução simultânea. Mais informações do Summit Portos podem ser vistas no site oficial do evento: http://www.summitportos.com.br.

Para saber mais sobre o evento, acompanhe o especial publicitário do G1 Santos e Região com a cobertura completa do SUMMIT PORTOS 2022 – Capacidade e Competitividade.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar