Santos já gastou mais de R$ 100 mil em 2022 para recuperar playgrounds vandalizados | Santos e Região

A Prefeitura de Santos já gastou mais de R$ 100 mil, neste ano, para recuperar os brinquedos de 30 playgrounds após atos de vandalismo. Segundo a Secretaria de Serviços Públicos, os espaços das praças Olímpio Lima, na Vila Belmiro, e Portinari, no Marapé, foram os mais afetados.

As ocorrências na cidade vão desde furto de suporte de apoio das gangorras e das correntes dos balanços até a madeira da rampa dos escorregadores.

No espaço localizado entre as ruas Torres Homem e General Jardim, no Embaré, o gira-gira já foi retirado três vezes neste ano para recuperação, após os assentos serem danificados, recebendo reforço extra nas peças de ferro para minimizar os estragos. O escorregador do espaço também é alvo de depredações.

A utilização indevida dos brinquedos também causa prejuízo. Na Praça João Barbalho, as gangorras e os balanços, que são fabricados para suportar o peso de crianças, acabam sendo danificados por adultos.

Munícipes podem procurar a Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 ou a Polícia Militar, no 190, ao constatar a ação de vândalos.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar