Restaurante conquista clientela com pastéis de 'chinelo', 'batman' e outros formatos inusitados; VÍDEO



Pastelaria em Bertioga, no litoral de São Paulo, vende cerca de 300 pastéis por dia, segundo o empresário Genário Batista Rocha, de 42 anos. Estabelecimento faz sucesso no litoral de SP com pastéis em formatos inusitados
Um estabelecimento em Bertioga, no litoral de São Paulo, faz sucesso com pastéis em formatos diferenciados, como coração, símbolo do Batman, maçã e até mesmo chinelo. Ao g1, o empresário Genário Batista Rocha, de 42 anos, teve a ideia de lançar a linha após fazer um pastel em formato de coração para homenagear a filha. Imagens enviadas à reportagem mostram Rocha moldando os pastéis nos formatos inusitados (veja o vídeo acima).
“Tenho uma filha de 21 anos que, quando ela era bem pequeninha, olhava para ela com aquele amor de pai e falava que iria fazer um pastel diferente para ela. Fiz o coraçãozinho, ela adorou, ficou encantada”, relembrou.
Depois disso, Rocha concluiu que seria uma boa opção colocar os pastéis em formato de coração no cardápio, mas enfrentou um problema com os meninos que não queriam comer coração. “O que a molecada gosta? Aí fiquei pensando, estava assistindo televisão e vi o sinal do Batman. Pronto, achei. Aí colocamos no cardápio o coração e o Batman”.
Atualmente, a linha dos pastéis diferenciados é denominada kids, ou seja, voltada para as crianças, mas o empresário garante que muitos adultos vão ao local só por causa deles. “É uma história interessante. Tem criança que pede e na hora que chega na mesa fica com dó de quebrar o pastel e acaba levando embora, e tem adulto que pede também, pastel de coração para dar para o namorado ou namorada”.
São quatro opções de pastéis diferenciados que estão fixos no cardápio: coração, Batman, maçã e chinelo, que, segundo o empresário, são os mais pedidos pelos clientes. Ele precisou até criar uma forma para os funcionários da pastelaria conseguirem atender os pedidos na ausência dele, pois ele faz os moldes à mão.
Estabelecimento inova e faz sucesso com pastéis em formatos diferenciados em Bertioga, SP
Arquivo Pessoal
“É meio que manual, então você tem que ter mais ou menos uma noção de desenho, de proporção, eles queriam fazer, falei para tentarmos que eu ia ensinar, mas às vezes o chinelo saia parecendo um sapato, coração saia parecendo um rim, aí para padronizar fiz a forminha para quando não estiver sair o máximo parecido possível e deu certo”, contou.
Segundo ele, algumas pessoas vão na pastelaria só para comer o pastel no formato de desenho. “Aí eu tive que bolar uma forminha do formato para os funcionários encaixarem em cima da massa e ficar aquela marca como se fosse um carimbo, e depois eles só vão fechando”.
Quando o proprietário está na pastelaria, os clientes podem usar a imaginação e pedir formatos diferentes dos quatro que ficam disponíveis no cardápio. “A gente tenta, viu? O pessoal também pede para colocar nome no pastel escrito com a massinha mesmo, fica muito bonito”.
“Quando chega alguém que quer um diferente [dos do cardápio], lá vai o Genário fazer. Pedem formatos diferentes, mas um que sai bastante é cavalo marinho. Já fiz do Bart, Galinha Pintadinha, Bob Esponja, Patrick, cachorrinho e gatinho”, afirmou.
Estabelecimento faz sucesso em Bertioga, no litoral de São Paulo, com pastéis em formatos inusitados
Arquivo Pessoal
Segredo
A pastelaria também se destaca com os pastéis que possuem 30 centímetros, e até disponibilizam uma opção maior com 35, que vai um pouco de cada recheio, com preços variando de R$ 13 (da linha kids) a R$ 30. “A gente tem em torno de uns 40 sabores, também tem lanche no cardápio e uma sorveteria que serve milkshake, açaí e sundae. A linha kids é mais barata porque fica em um tamanho menor, em torno de 20 a 22 centímetros”.
No entanto, os recheios da linha kids são limitados por causa do formato dos pastéis. “Devido ele ter muitas voltinhas, ficar em um tamanho menor, na hora de fritar se tiver muito recheio diferente pode estourar, então a gente limitou a queijo, pizza, bauru, frango e carne”.
A massa não é feita pelo estabelecimento, já que a produção requer maquinário pesado, mas Rocha afirmou que a mesma é utilizada em todos os pastéis do cardápio e que a linha kids usa mais massa do que os demais. “Vai o dobro de massa do normal. Você tem que fazer uma parte e cortar outra para colocar por cima”.
O estabelecimento, que fica localizado no bairro Jardim Rio da Praia, acredita que os pastéis com desenho são o grande atrativo ao consumidor. “Por conta da gente estar um pouco afastado do Centro, a gente sempre tem que estar fazendo algo diferente, e acho que o diferencial hoje em dia é amor e carinho, com isso você sempre se destaca”.
Empresário inovou oferecendo pastéis em formatos diferenciados aos clientes em Bertioga, no litoral de São Paulo
Arquivo Pessoal
Pandemia
Rocha afirmou que o período da pandemia foi ‘bem pesado’ por conta das restrições. “Graças a Deus a gente já estava com delivery. Acredito que as pessoas até mudaram um pouco o jeito de consumir. Você vê que tem muito delivery, antigamente era mais mesa. Hoje está uma proporção de 60% delivery e 40% mesa. Muita gente pede para retirar também”.
“Foi bem difícil. A gente teve que dispensar funcionário, mas a família está junto e unida. A gente segurou firme e passamos [por isso] graças a Deus”, disse.
Pastel em formato de chinelo é uma das opções disponíveis no estabelecimento em Bertioga, SP
Arquivo Pessoal
Fundada em 2004, a pastelaria virou uma tradição no município e vende cerca de 300 pastéis por dia. “Cheguei em Bertioga com 15 anos. Meu primeiro trabalho foi em uma pastelaria que é muito conhecida, entrei com 15, sai de lá com 24, pensando o que ia fazer da vida porque na época trabalhava 12 horas e o patrão não me deixava estudar. Me deparei com 24 anos sem estudo completo. O que ia fazer? Pastel, é claro”.
“É uma sensação muito boa de satisfação porque são tantas pastelarias e o pastel é uma coisa que todo mundo acha que é muito simples, mas tudo tem um segredinho né? Eu falo que o segredo é fazer com amor e carinho como se fosse para você. Então, se você fizer para você e sentir que ficou muito bom, a outra pessoa vai sentir a mesma coisa”, finaliza.
Trabalhando em pastelaria desde os 15 anos, Genário decidiu investir no ramo aos 24 após se questionar sobre o que faria da vida, já que não tinha estudo completo
Arquivo Pessoal
Estabelecimento já vendeu pastel em formato de personagem do filme Frozen, a pedido de cliente, em Bertioga, SP
Arquivo Pessoal
Pastel em formato de cachorro feito por estabelecimento de Bertioga, SP
Arquivo Pessoal
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar