Quem é MC Kauan, ‘funkeiro’ preso por tráfico de drogas no litoral de SP | Santos e Região

Kauan Mariz de Oliveira, de 31 anos, mais conhecido por MC Kauan ou MC Koringa, nasceu em Santos, no litoral de São Paulo, em 11 de outubro de 1991. Após perder o pai, aos 3 anos, foi criado apenas pela mãe e empresária, Nalva Mariz. Na última terça-feira (23), o artista foi preso por tráfico de drogas, em São Vicente, também no litoral paulista. A Justiça determinou ele cumpra a condenação de quatro anos e dois meses, pelo crime, em regime fechado.

Antes de se envolver pelo ritmo do funk, Kauan era roqueiro. O artista já havia revelado, em entrevistas, que vestia roupas que remetiam ao Rock e tinha o cabelo comprido. Um dos fatores que o fizeram mudar o estilo foi a comunidade em que vivia, onde a cultura e o visual eram outros.

Na adolescência, ele começou a curtir o funk e frequentar os bailes na Baixada Santista mesmo sem a autorização da mãe, que hoje também é empresária do artista.

Foi em um evento do Inverno Quente [festa junina que acontecia anualmente em Santos] que ele resolveu virar MC. Em depoimentos, contou que o desejo surgiu a escutar o MC Duda do Marapé – o artista foi morto com nove tiros em Santos, em 2011.

Ainda aos 13 anos Kauan começou a cantar funk. A primeira vez em um palco foi em um baile na Unidos dos Morros [agremiação que participa do Carnaval santista].

Ele foi chamado junto com outros quatro artistas e criou rimas que embalaram a festa. Naquele dia, e ganhou o primeiro cachê [pagamento feito pela apresentação].

Para se destacar no meio dos MCs da região, Kauan criou o personagem Koringa. Ele usava roupas e características de palhaços. Foram várias as apresentações de cara pintada, cabelo verde e boca vermelha, assim como o arqui-inimigo de Batman.

Kauan chama a atenção do público desde 2006, quando lançou músicas como “Casa do coreano” e “Toca ninja”. Nas redes sociais ele também faz sucesso com os mais de 4 milhões de seguidores.

‘Koringa’ personagem criado pelo Mc Kauan — Foto: Foto: Reprodução/Redes Sociais

Kauan foi preso pela primeira vez em janeiro de 2014, em São Vicente, no litoral de São Paulo. Na época, uma equipe da Polícia Militar (PM) fazia patrulhamento de rotina no bairro do Gonzaguinha, perto da Avenida Embaixador Pedro de Toledo, e avistou o artista quando ele pegava uma sacola branca por meio da grade de um edifício. Em seguida, o cantor se dirigiu à praia. Os agentes seguiram o funkeiro, que tentou fugir, mas foi alcançado.

Kauan tinha em posse 19 pinos de cocaína e 22 frascos plásticos contendo cloreto de metileno, ou seja, lança-perfume.

Em outubro de 2019, houve a condenação na Justiça por tráfico de drogas. A defesa então entrou com recursos, e o artista pôde responder ao processo em liberdade.

O Ministério Público (MP) apresentou um recurso de apelação, que foi acolhido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP).

O funkeiro foi preso por tráfico de drogas na tarde da última terça-feira (23), em São Vicente, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, a PM realizou a detenção enquanto o artista comia em uma doceria no município.

A Justiça acolheu recurso do Ministério Público (MP) para condená-lo a quatro anos e dois meses de prisão, em regime fechado.

Kauan Mariz de Oliveira foi preso na Rua 11 de Junho, no bairro Itararé, por volta das 17h. O artista foi conduzido ao 1º Distrito Policial (DP) do município, e foi encaminhado para uma penitenciária da região. Ainda não se sabe para qual penitenciária ele será encaminhado.

  • Colete à prova de balas: Em 2020, a Justiça determinou o arquivamento do processo contra o funkeiro, que estava sendo investigado após a PM encontrar máscaras de palhaço, um bastão de madeira e dois coletes, sendo um deles à prova de balas dentro do veículo dele em agosto de 2019.
  • MC Kauan afirma usar drogas: Após ser preso por tráfico de entorpecentes em 20 de janeiro de 2014, o cantor de funk disse à polícia que é somente usuário de drogas, que nunca traficou e declarou não ser o dono dos entorpecentes, mas, mesmo assim, foi levado à cadeia.
  • Kauan hospitalizado ao sair da cadeia: Quatro dias após ter sido preso sob a suspeita de tráfico de drogas em São Vicente, o cantor foi hospitalizado com pneumonia.
  • MC Kauan nega usar drogas: Cinco dias após a prisão por tráfico de drogas, MC Kauan concedeu uma entrevista coletiva em Santos e afirmou que não é traficante e nem usuário de drogas. O cantor afirmou, ainda, que não portava drogas no momento em que foi preso e que os entorpecentes apareceram na delegacia enquanto a ocorrência era registrada.
  • ‘Não precisa disso’: A prisão do cantor por tráfico de drogas em 2014 surpreendeu pessoas próximas ao funkeiro. Na época, os produtores musicais do artista disseram que a prisão do MC ocorreu em um momento em que o músico estava fazendo bastante sucesso na carreira. Um deles disse que o cantor não precisava disso, pois fazia vários shows por mês com cachê estimado em cerca de R$15 mil.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar