Quatro são presos com 1.450 kg de soja furtada de vagões em Cubatão, SP | Santos e Região

Uma mulher e três homens foram presos com 1.450 kg de soja furtada que seria revendida em Cubatão (SP). Um representante da empresa ferroviária Rumo reconheceu a carga, que foi devolvida para a empresa.

O flagrante ocorreu em um sítio na Estrada dos Areais, ao lado da via férrea, em um acesso à Rodovia Cônego Domenico Rangoni. O local era usado para armazenar e ocultar os grãos. Segundo a Polícia Civil, a carga furtada era armazenada no local.

Os policiais da Delegacia Sede de Cubatão investigavam crescentes furtos aos vagões da empresa ferroviária Rumo, que transportam granéis, quando, próximo ao sítio, encontraram um carro carregado com 10 sacos de soja a granel, cada um pesando aproximadamente 50 kg.

Dois homens, de 26 e 29 anos, estavam no veículo e alegaram que compraram os grãos de um desconhecido, no tal sítio, e que pretendiam vendê-los. Durante revista, também foi encontrada a quantia de R$ 1.173, que, segundo os suspeitos, seria da venda de outra carga de soja.

Os policiais foram para o sítio, onde encontraram um casal ensacando os grãos de soja. Com eles, foram encontrados 19 sacos carregados. Segundo a Polícia Civil, os dois afirmaram que não sabiam a procedência da carga, mas disseram que um desconhecido tinha deixado no local.

No entanto, conversas no celular do casal revelaram que ambos combinavam com outros indivíduos a venda e o transporte de diversas cargas, como soja, açúcar e óleo. Em uma dessas conversas, inclusive, o homem estaria negociando drogas.

Os quatro foram presos em flagrante e responderão pelos crimes de receptação e associação criminosa.

Foram encontrados 29 sacos de soja furtados de vagões em Cubatão (SP). — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar