Polícia investiga morte após denúncia levar a corpo enterrado em área de matagal no interior de SP | Santos e Região

Um corpo não identificado foi desenterrado em meio a um matagal em Cananéia, no Vale do Ribeira, após denúncia à Polícia Militar (PM). Conforme apurado pelo g1, algumas pessoas que se apresentaram como familiares da pessoa morta informaram a corporação que se tratava de uma idosa indígena, que teria sido enterrada de acordo com os costumes da tribo.

O corpo foi desenterrado no bairro Acaraú, no último sábado (16). A denúncia partiu de um homem que não teve a identidade divulgada. Ele teria visto um amontoado de terra suspeito em meio ao matagal.

Após a indicação do local, agentes escavaram a área e encontraram um caixão, que foi conduzido pela perícia ao Instituto Médico Legal (IML) de Registro, também no Vale do Ribeira. Um boletim de ocorrência (BO) foi registrado na Delegacia Geral de Polícia do município.

A família entregou à polícia a certidão de óbito da idosa. A corporação aguarda o resultado do laudo para comparar os dados.

O g1 entrou em contato com a Fundação Nacional do Índio (Funai) para obter mais informações, mas não recebeu um retorno até a última atualização desta reportagem.

VÍDEO: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar