PF realiza Operação Formicida contra o tráfico internacional de drogas no Porto de Santos | Porto Mar

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (2), a segunda fase da Operação Formicida nas cidades de Santos e Guarujá, litoral de São Paulo. A operação teve a finalidade de desarticular uma associação criminosa voltada para os crimes de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico e que atua no Porto de Santos.

Segundo a PF, os policiais realizaram a operação com o objetivo de cumprir cinco mandados de busca e apreensão e cinco de prisão, cujas penas vão de 8 a 25 anos, além de multa. A deflagração da fase ostensiva da investigação contou com o apoio da Polícia Militar.

Em abril deste ano, a PF realizou a primeira fase da Operação Formicida. Na época, os policiais foram as ruas para cumprir dois mandados de prisão e três de busca e apreensão. Durante a operação, foram apreendidos 328,95 kg de cocaína. “As drogas foram encontradas no porão do navio e no casco do navio”, disse a delegada, na ocasião. A droga seria encaminhada por um navio para a África.

O nome da operação “Formicida” faz alusão à carga de açúcar onde foi encontrada a droga. Somente em 2022, foram apreendidos cerca de 9,625 toneladas de drogas na Baixada Santista, a maioria em terminais do Porto de Santos, de onde seriam exportadas para Europa e África.

De acordo com o informado pela PF, funcionários que trabalham no Porto de Santos eram responsáveis por inserir bolsas com drogas em porões e outros compartimentos de navios que partem para o exterior do país.

Segundo a Polícia Federal, um inspetor de qualidade e outro relacionado a uma agência marítima são suspeitos de estarem envolvidos no esquema.

Polícia Federal cumpre mandados durante Operação Formicida — Foto: Polícia Federal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar