Parte de teto de berçário desaba e mãe denuncia infraestrutura precária em escola de Santos; FOTOS | Educação

Parte do teto de uma sala do berçário de uma unidade de ensino municipal de Santos, no litoral de São Paulo, desabou no último fim de semana. A escola foi inaugura em 2019, mas, segundo denúncia, além da queda da placa, já necessita de manutenção em outros pontos, como o muro na parte de trás da unidade, que apresenta grandes rachaduras, e apresenta diversas infiltrações.

A queda do teto ocorreu em uma sala de Berçário I, onde ficam crianças a partir de 4 meses de idade, na UME Luiz Gonzaga Alca de Sant’Anna, no bairro Alemoa. A mãe de uma das crianças, Isabella Assis Ferreira, de 24 anos, contou ao g1 nesta quinta-feira (7) que a situação causou medo e indignação aos responsáveis pelas 12 crianças da sala de aula.

“Quando chegamos na segunda-feira e recebemos a notícia de que o teto tinha caído, eu fiquei tremendo de nervoso. Minha filha poderia estar ali naquele momento”, desabafa a vendedora.

Parte do teto de sala de aula de berçário caiu, e mãe denuncia infraestrutura precária em escola municipal de Santos, SP — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Isabella, a orientadora da escola não quis informar a data em que ocorreu a queda. Conforme a prefeitura, os alunos estão sendo atendidos normalmente em outras salas da unidade, que já passou por vistoria de técnicos da administração, na manhã desta quarta-feira (6).

“Visivelmente, não é suficiente para suportar todas as crianças e as professoras. E esse é apenas um dos problemas, as infiltrações estão por todos os lados, o muro na parte de trás da creche também está caindo, e por aí vai. É impressionante como ninguém faz nada”, lamenta.

“Acreditava ser um local seguro, e agora que vi todos esses problemas, estou bastante assustada e com medo de levar minha filha”, finaliza.

Unidade já passou por vistoria de técnicos da Prefeitura de Santos — Foto: Arquivo Pessoal

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que a escola estava fechada, e a sala desocupada quando ocorreu a queda de uma placa de gesso do teto. O problema ocorreu em um período em que não havia funcionários na unidade, por isso, não é possível precisar o dia e horário exato do ocorrido.

A administração municipal afirma que já acionou a empresa responsável pela construção da escola, para que os reparos necessários sejam feitos imediatamente, dentro da garantia exigida em licitação, sem investimento de mais recursos públicos.

Segundo a mãe, muro na parte de trás da unidade apresenta rachaduras e ‘dá a impressão que vai cair’ — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar