Paciente com problemas cardíacos e marca-passo provisório sofre parada e família luta por cirurgia urgente em SP | Mais Saúde

A família de Denivaldo Pereira da Silva, de 46 anos, luta por uma cirurgia urgente para colocação de um marca-passo permanente no coração dele, que atualmente usa um aparelho provisório para ajudar a regular o ritmo do órgão. O homem sofre com problemas cardíacos e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, desde o dia 1°.

A filha do paciente, Jaqueline Silva, de 24 anos, acredita que o marca-passo provisório colocado no hospital não está suprindo a necessidade do pai, que, desde quinta-feira (14), apresenta piora significativa.

De acordo com ela, na última semana Denivaldo contraiu infecção e teve uma parada cardíaca. Além disso, a filha ressalta que o fluxo de batimento cardíaco dele não está mais constante e, por vezes, fica fraco demais.

Jaqueline conta que Denivaldo já convivia com Doença de Chagas e arritmia no coração antes de passar mal no último dia 1°. Mas, nos primeiros dias após a colocação do marca-passo provisório, a família não notou maiores problemas. Por isso, defendem que os problemas apresentados por Denivaldo indicam que o marca-passo provisório não tem mais surtido tanto efeito. “Está correndo risco de parar [o coração]”, teme a filha.

Em nota, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), que gerencia o Hospital Irmã Dulce, informou que o paciente aguarda agendamento da cirurgia para colocação do marca-passo permanente pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) do Estado de São Paulo desde o dia 02/07/2022.

A própria SPDM ressaltou que Denivaldo necessita do marca-passo, mas que a cirurgia não será realizada no Hospital Irmã Dulce e, por isso, o paciente aguarda por uma vaga em algum hospital próximo que possa realizar o procedimento nele.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pontuou que a Cross acompanha o caso do paciente para que ele seja encaminhado ao serviço de referência. Disse ainda que a Cross possui um sistema on-line e 24 horas que busca vagas disponíveis em diversas unidades de saúde com disponibilidade e capacidade para atender cada caso, priorizando os mais graves e urgentes.

Denivaldo aguarda por colocação de marca-passo permanente na UTI do Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande (SP) — Foto: Divulgação

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar