O que se sabe e o que falta saber sobre o caso da jovem achada morta e concretada no litoral de SP | Santos e Região

A vítima desapareceu no dia 27 de setembro, após alegar que sairia para visitar o avô. A família comunicou o sumiço às autoridades, e a equipe da 3ª Delegacia de Homicídios conduziu o caso. Os policiais descobriram que a jovem havia visitado um pedreiro, na obra em que ele estava atuando, quando ele passou a ser interrogado.

Vídeo divulgado pela polícia mostra onde corpo de jovem desaparecida foi concretado

Vídeo divulgado pela polícia mostra onde corpo de jovem desaparecida foi concretado

Após questionar Edmilson, a polícia suspeitou que a jovem não tivesse deixado o local. O proprietário do terreno onde ocorre a construção, que não tem qualquer envolvimento com o crime, passou a pensar na hipótese levantada pela polícia, e observou que havia uma parede embaixo da escada que estava com um mal acabamento.

Diante disso, o proprietário quebrou parte da parede. Ele sentiu um forte odor e comunicou a polícia, que localizou o corpo da jovem na terça-feira (5). O pedreiro foi preso e confessou o crime, alegando que a estrangulou com uma camiseta junto com o outro suspeito, Jonathas. Ambos foram detidos e tiveram a prisão preventiva decretada. Entenda os pontos sobre o caso:

Corpo foi encontrado em vão de escada em obra de São Vicente, SP — Foto: Reprodução/Polícia Civil

  • O desaparecimento da jovem ocorreu no dia 27 de setembro. Na ocasião, a irmã registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento de pessoa, informando que ela tinha ido até a casa do avô, e que fez contato pela última vez com o esposo, avisando que estava retornando para casa.
  • Segundo a polícia, ela passou na obra na Rua Senador Lúcio Bittencourt, no bairro Esplanada dos Barreiros, em São Vicente. Ela teria ido encontrar o pedreiro Edmilson.
  • A obra é uma construção de uma casa de eventos. Os policiais questionaram os funcionários. Em um primeiro momento, o pedreiro confirmou que a jovem havia passado no local, mas negou que sabia algo do desaparecimento.
  • O pedreiro disse que conhece a jovem há seis anos, e alegou que pagava para se encontrar com ela.
  • Na terça-feira (5), o proprietário do estabelecimento, desconfiado da situação, descobriu o local em que o corpo estava.
  • Após o encontro do corpo, o pedreiro foi preso e confessou que participou do crime. Ele alegou que fez sexo com a vítima e a matou estrangulada com o outro suspeito, o autônomo. Este segundo foi preso, entretanto, negou envolvimento no crime.
  • Segundo o pedreiro, na data, eles usaram drogas. De acordo com o interrogatório, ele teve relações sexuais com a jovem e depois ela ficou com o autônomo, enquanto o pedreiro foi para o piso superior da construção. De acordo com o relato, em determinado momento, eles passaram a discutir, Edmilson desceu e ajudou a matá-la.
  • A polícia informou que, a princípio, considera que foi uma relação consensual. Entretanto, as autoridades investigam a hipótese de abuso sexual e aguardam o resultado de exames.
  • Os dois esconderam o corpo da jovem embaixo da escada e concretaram por cima, escondendo o cadáver. Imagens obtidas pelo g1 mostram o local onde o corpo estava.

Polícia localizou o corpo da jovem desaparecida em obra em São Vicente, SP — Foto: g1 Santos

  • A Polícia Civil não divulgou informações sobre as investigações, como descobriu que a jovem estava no local. O órgão justificou que não deu detalhes por se tratar de um caso que ainda é apurado.
  • Ainda não foi confirmada a motivação do assassinato da jovem. Por enquanto, se sabe que houve uma discussão, graças à declaração do pedreiro, mas não o que motivou a briga entre ela e um dos suspeitos.
  • Não há confirmação de que a jovem tenha sido vítima de abuso sexual. Segundo a polícia, a hipótese é apurada, e são aguardados os resultados de exames.

Corpo da jovem foi encontrado por proprietário do terreno em São Vicente, SP — Foto: Reprodução/Polícia Civil

VÍDEOS: As notícias mais vistas do g1


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar