Neta realiza sonho da avó ao encontrar irmãos que a idosa não via há mais de 58 anos: ‘muita alegria’ | Santos e Região

A recepcionista Iracema Cristina Sales, de 25 anos, realizou o desejo da avó e encontrou os tios-avós, que moram em Mongaguá, no litoral de São Paulo, com o apoio de comunidades em redes sociais. A matriarca, de mesmo nome da neta, e 83 anos, perdeu contato com os familiares quando tinha algo em torno de 25, portanto há mais de 58 anos. “Senti muita alegria te ter achado minha família”, disse emocionada Iracema Marcondes dos Santos.

“Perderam o contato assim que eles [os tios-avôs] foram morar em São Paulo, e minha avó ficou no Paraná. Em seguida, ela veio morar em Tarumã (SP), onde vivemos até hoje. O afastamento aconteceu quando meus tios foram morar longe porque não achavam serviço na área deles no Paraná”, contou.

Durante as buscas, a recepcionista localizou os parentes e descobriu que, dos quatro tios-avós, só dois estão vivos. Iracema, inclusive, disse ter chegado aos demais nomes após ter descoberto que um tio-avô havia morrido no litoral de São Paulo, após ter pedido a ajuda ao grupo ‘S.O.S Mongaguá’.

“Perguntei se poderiam me ajudar a procurar e então eles postaram meu pedido. Antes de anunciar na página do Facebook eu já havia procurado, sem sucesso, na internet”, lembrou a recepcionista

A publicação com o pedido de ajuda e o nome do tio-avô de Iracema, Adriano Marcondes, e da esposa dele, Odette Martins Marcondes, teve retorno no mesmo dia, em 24 de junho. Uma pessoa comentou afirmando que conhecia o filho do casal. Infelizmente, a morte do tio-avô que morava em Mongaguá foi confirmada e Iracema conseguiu falar apenas com o primo.

Adriano Marcondes (na foto) é um dos tios-avós que Iracema localizou, mas, infelizmente, já havia falecido — Foto: Arquivo pessoal

“Eu entrei em contato com ele [o primo] e deu tudo certo. Ele ficou de vir ver a minha avó e todos da família. Ele também estava procurando por ela. A partir de agora vamos manter o contato para sempre”, diz.

A tia Odette, que foi casada com Marcondes, hoje mora no Rio de Janeiro. Mesmo com a notícia do falecimento, a família está emocionada por poder manter contato e encontrado os parentes que procuravam por tantos anos.

Além do primo de Mongaguá, Iracema também encontrou recentemente, com a ajuda de um amigo, dois tios-avós que estão vivos, Hélio Jonas Marcondes, de 74 anos, e Maria Aparecida, de 69 anos.

O encontro com os familiares aconteceu de maneira virtual, porém, avó e neta estão ansiosas para ver os familiares pessoalmente. A data do encontro ainda não foi confirmada. “O reencontro vai acontecer em breve, minha avó só conversou com eles por chamada de vídeo”, disse Iracema.

“Senti muita alegria te ter achado minha família. Tinha muito desejo de ver meus irmãos. Tenho 83 anos e faz muitos anos que não os vejo. Graças a minha neta vou conseguir realizar esse sonho”, contou a avó Iracema.

Hélio Marcondes e Iracema agora mantêm contato virtual — Foto: Arquivo pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar