Muro de condomínio é pichado para cobrar dívida de ‘caloteiro’ no litoral de SP | Santos e Região

O muro de um conjunto habitacional em Santos, no litoral de São Paulo, vem sendo pichado para cobrar um suposto “caloteiro”. Pela manhã, os dizeres são removidos por um homem que, segundo moradores, é o próprio alvo das cobranças. O g1 esteve no local, que fica no bairro Aparecida, para tentar entender melhor o caso.

De acordo com os moradores, que preferiram não serem identificados, as pichações era destinadas a um homem chamado Marcelo, que também mora no conjunto habitacional. As mensagens escritas no muro diziam “Me paga” e “Safado Marcelo Caloteiro”.

Trabalhadores de comércios próximos ao condomínio disseram que as pichações são feitas à noite, mas pela manhã já não são mais vistas. De acordo com moradores, o próprio Marcelo remove os dizeres logo cedo com auxílio de um pano e água.

Moradores disseram que pichações foram removidas pelo próprio alvo das mensagens — Foto: Nicole Leslie/g1

Uma das pessoas que testemunhou as cobranças no muro disse que o local já foi vandalizado ao menos três vezes nesta semana. Os moradores ouvidos pelo g1 demonstraram ficar mais incomodados com o motivo por trás do vandalismo, do que com as próprias pichações, que já foram limpas.

Um dos moradores disse que o Marcelo trabalha com compra e venda de ações e estaria devendo dinheiro a algum parceiro de trabalho. Entretanto, não tinha mais detalhes sobre ele.

O g1 tentou contato com a administração do condomínio para saber se gostariam de se pronunciar, porém não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Pichações diziam “Me paga” e “Safado Marcelo Caloteiro” — Foto: Reprodução/Redes Sociais

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar