Mulher reage a tentativa de estupro e sofre cortes no rosto, barriga e pernas no interior de SP: ‘eu esperneava e mordia ele’ | Santos e Região

Uma mulher de 41 anos foi vítima de uma tentativa de estupro e recebeu vários cortes pelo corpo ao tentar fugir do estuprador enquanto gritava e mordia a mão dele. O abusador fugiu, pois percebeu que um grupo de pessoas estava se aproximando. O caso aconteceu em Apiaí, no interior de São Paulo. A Polícia Civil informou que está investigando o caso para localizar o suspeito.

Cristina Pinheiro é auxiliar de serviços gerais e relatou ao g1 que foi surpreendida por um homem enquanto voltava para da casa do namorado, por volta da 1h de terça-feira (18). O suspeito, ainda não identificado, pegou-a “por trás e jogou no escuro”, segundo ela. Cristina diz que, por conta disso, não conseguiu ver o rosto dele, mas notou que ele usava uma blusa verde e uma calça marrom.

Vítima de tentativa de estupro foi golpeada enquanto tentava fugir do agressor em Apiaí — Foto: Arquivo pessoal

“Meu namorado insistiu para me levar em casa, mas eu disse que não precisava e voltei caminhando sozinha. Foi quando um cara me agarrou e tentou me estuprar. Eu comecei a gritar, mas ele tampava a minha boca. Eu esperneava e mordia ele. Foi um momento de terror”, lembrou.

A vítima declarou que só conseguiu se livrar do criminoso quando ele percebeu que um grupo de adolescentes estava se aproximando e, neste momento, ele fugiu. Após a fuga, a mulher chamou a polícia, que segundo ela, fez uma busca pela região, mas não localizou o agressor.

“A polícia me socorreu e me levou ao hospital. Sofri vários ferimentos. Ele cortou meu rosto, a minha barriga e a minha perna. Eu não sei qual o objeto cortante ele estava usando, mas era muito afiado. A todo o momento ele tentava abusar de mim, mas eu mordia a mão dele”, disse.

Mulher sofreu tentativa de estupro em Apiaí, além de receber vários cortes no rosto, pernas e barriga — Foto: Arquivo pessoal

Cristina contou que fez um boletim de ocorrência na Delegacia de Apiaí, porém, como o suspeito ainda não foi identificado, ela diz ter medo de sair de casa e encontrá-lo. “Estou assustada”, enfatizou.

O g1 entrou em contato com a Polícia Civil, que confirmou o registro da ocorrência de tentativa de estupro, e que a vítima não foi violentada sexualmente, mas sofreu agressões físicas. A corporação afirmou também que os policiais estão investigando o caso para localizar o autor do crime.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar