Mulher busca por ‘anjos’ que salvaram a família de afogamento em região onde o rio encontra o mar em SP | Santos e Região

Após ser resgatada de um afogamento com o marido e o filho no litoral de São Paulo, uma mulher de 50 anos publicou um pedido de ajuda nas redes sociais para encontrar os “anjos” que salvaram sua família. O caso aconteceu na Praia de Guaraú, em Peruíbe, no último dia 23 de abril, mas a história só foi divulgada nas redes sociais nesta sexta-feira (6).

Na publicação, Rosa Feliciano pede informações sobre um grupo de pessoas que utilizavam motos aquáticas na Praia de Guaraú no dia do acidente. Ela destaca: “eles salvaram uma família”. Ninguém havia sido localizado até a publicação da matéria.

Publicação feita pela Rosa Feliciano para encontrar grupo que a salvou — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em entrevista ao g1, Rosa Feliciano disse que a família entrou na água em uma região onde há o encontro entre o rio e o mar. Naquele momento, segundo ela, uma espécie de “redemoinho” muito forte se formou.

Rosa ressalta que ela e o filho, de 17 anos, começaram a lutar contra a correnteza. O marido, de 47, que não sabe nadar, porém, desmaiou.

Enquanto lutavam para não serem arrastados pela correnteza, mãe e filho começaram a pedir por socorro. Por sorte, um grupo de banhistas, que estava em duas motos aquáticas, ouviu os gritos e socorreu o trio.

“Um jet ski salvou meu marido primeiro e depois me socorreu. Ele [marido] já saiu da água desacordado. Pensei que não não estava vivo”, conta.

Depois do marido, mãe e filho foram retirados da água. “Foi muito de repente que tudo aconteceu. Uma coisa muito sinistra”, relata.

Rosa conta que a família já havia visitado a região antes “e nada aconteceu”. Além disso, afirma que eles estavam a pelo menos 500 metros de distância da placa que alertava sobre perigo na água, e que não haviam guarda-vidas no local.

Local onde família se afogou fica no encontro do rio com o mar — Foto: Arquivo Pessoal

Alguns dias depois do susto, Rosa comenta que a família ainda está sem acreditar no que aconteceu e no socorro prestado por desconhecidos. Ela conta que os “anjos dos jet skis” salvaram a vida dela e de sua família.

“Naquele momento não tivemos condições de dar mais atenção e agradecer com mais gratidão. Gostaríamos de agradecer a todos”, finaliza.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar