Motorista de carreta com excesso de altura, que bateu em passarela na Anchieta, recebe três multas | Santos e Região

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) elaborou três autuações para o motorista da carreta com excesso de altura que colidiu e causou danos na estrutura de uma passarela na pista norte da rodovia Anchieta, na manhã de quarta-feira (17). Ao g1, a PRE informou que, após verificação de praxe, foi constatado que o veículo não possuía programação de tráfego e Autorização Especial de Trânsito (AET).

De acordo com a PRE, foram elaboradas autuações por: conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatórios referidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB); transitar com veículo ou carga com dimensões superiores ao limite legal sem autorização e transitar com veículo em desacordo com as especificações necessárias a sua identificação. Ao todo, as autuações somam R$ 478,84, sendo, respectivamente, R$88,38, R$195,23 e R$192,23.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER) informou que, como houve dano ao patrimônio rodoviário, a concessionária poderá acionar o motorista, de forma cível e criminal, para que o prejuízo seja ressarcido.

Em nota, a Ecovias, concessionária que administra o trecho, esclareceu que está apurando os danos causados pelo choque da carreta na passarela do km 57 da via Anchieta e que tomará as medidas administrativas e judiciais cabíveis.

O g1 tentou contato com o Grupo Geloq, responsável pela carreta que transportava com excesso de altura, mas até a publicação da matéria não obteve retorno.

Perícia técnica é realizada na estrutura da passarela da Via Anchieta em Cubatão — Foto: Janaina Hohne/g1

A passarela de travessia de pedestres da rodovia Anchieta foi deslocada após a carreta com excesso de altura colidir contra a estrutura em um trecho da pista, na altura de Cubatão.

Segundo a Ecovias, o acidente ocorreu por volta de 6h45 e não deixou feridos. A carreta, que trafegava na pista sentido São Paulo, colidiu contra a estrutura no km 57 e interrompeu o trânsito. Por precaução, os dois sentidos da rodovia foram bloqueados para perícia técnica da estrutura.

A rodovia foi liberada, por volta de 15h45, segundo a concessionária, que informou que a avaliação técnica identificou a necessidade de mover a estrutura de volta à sua posição original e realizar um escoramento para reforçar o pilar.

A empresa disse, também, que a solução encontrada para liberar o trecho o mais rapidamente possível foi contratar um guindaste para fazer a movimentação e escorar a passarela até a chegada de um material metálico para escoramento, que ficará no local enquanto as obras de reparo durarem.

As obras de reparo da passarela de pedestres, deslocada pela carreta com excesso de altura na Rodovia Anchieta, devem durar cerca de 30 dias, segundo a Ecovias.

Acidente causou o deslocamento da passarela na Via Anchieta em Cubatão, SP — Foto: Nina Barbosa/g1

A carga da carreta que causou o acidente em questão tinha 5,86 metros de altura e não possuía a Autorização Especial de Trânsito (AET), necessária para este tipo de transporte.

Segundo a Ecovias, o Sistema Anchieta Imigrantes (SAI) possui um esquema especial para o transporte de cargas que possuem dimensões e pesos maiores que o habitual. As mais comuns são: turbinas, peças industriais, tratores, escavadeiras, barcos, pás eólicas, motores e transformadores.

Por nota, o Grupo Geloq, responsável pela carreta que transportava com excesso de altura, informou que a empresa “está focada no emprego de todos os esforços e meios disponíveis para a solução da ocorrência e colaborando com as autoridades para apuração das causas”.

Colisão antes do acidente

A carreta com excesso de altura já havia batido contra um viaduto 2 km antes de chocar-se contra a passarela. Um vídeo obtido pelo g1 mostra a carreta batendo contra o viaduto, localizado no km 59 da rodovia Anchieta, antes do acidente (veja o vídeo abaixo).

A carreta transporta a carga, embalada em um tecido verde, e passa rente a estrutura. O viaduto é uma interligação da Baixada Santista, chamada SP-059, e tem 5,51 metros de altura. Já a carreta, tem 5,86 metros.

Vídeo mostra que carreta havia batido em outro viaduto antes de colidir em passarela

Vídeo mostra que carreta havia batido em outro viaduto antes de colidir em passarela

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar