Motorista de aplicativo tem prejuízo de mais de R$ 1,5 mil após ter itens furtados de carro em Praia Grande; vídeo | Santos e Região

Uma motorista de aplicativo teve um prejuízo de mais de R$ 1,5 mil após ter objetos pessoais e equipamentos de carro dele furtados durante a madrugada de terça-feira (28), em Praia Grande, no litoral paulista. Imagens obtidas pelo g1 mostram o momento em que o criminoso arromba a porta do veículo.

A motorista Fernanda da Costa Antunes, de 35 anos, mora na Rua João Dias da Silva, no bairro Vila Caiçara. Ela estacionou o carro na rua, em frente à residência onde mora, após terminar as corridas. Por volta das 4h, um homem se aproximou do local, arrombou a porta o veículo e furtou diversos itens.

Imagens gravadas por câmeras de monitoramento de outra casa registraram o momento em que o homem chega ao local de bicicleta, arromba a porta e entra no veículo para realizar o furto. (Veja no vídeo acima).

Ao acordar e ver o que havia acontecido, a motorista levou o carro para o reparo. De acordo com ela, a porta foi danificada e o criminoso levou um dispositivo multimídia, além de porta-trecos. O prejuízo, segundo a motorista, chega a R$ 1.700.

Indivíduo arrombou a porta do carro e furtou diversos equipamentos e pertencer da vítima, em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo Pessoal

Na ação, oa objetos pessoais dela também foram levados, como a carteira com todos os documentos da vítima, carregador e cabo de celular, bolsa com perfumes e maquiagens e até mesmo a carteira de vacinação contra a Covid-19 e o álcool em gel, que ela oferecia para os passageiros.

“Quando eu vi a porta, já fiquei bem abatida. Quando olhei, o carro estava todo revirado. É uma sensação de total impunidade, porque ali onde eu moro não tem nenhum tipo de policiamento, é uma rua extremamente perigosa. Eu fiquei bem chateada com tudo e, na delegacia, eles disseram que não podiam fazer nada”, conta.

Desde o crime a motorista está sem realizar as viagens e só poderá pegar o carro novamente em sete dias. Ela também trabalha como vendedora externa e utiliza o veículo para fazer a entrega dos produtos, mas como o carro está passando por reparos, precisa realizar as vendas indo a pé até a casa dos clientes. Um boletim de ocorrência online sobre o furto foi registrado e, por enquanto, ninguém foi preso.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar