Montanhista sofre fratura em queda de 7 metros e grupo espera por socorro há três dias no pico da Serra do Gigante em SP | Santos e Região

Quatro homens, de 25 a 29 anos, começaram a ser resgatados nesta segunda-feira (20), após passarem três dias na Serra do Gigante, o pico mais alto do Vale do Ribeira, no Interior de São Paulo. O grupo precisou interromper as atividades exploratórias após um membro cair de aproximadamente sete metros de altura e sofrer uma fratura exposta na região do bíceps, próximo ao ombro esquerdo. O rapaz, inclusive, foi o primeiro a ser resgatado, por volta das 16h30.

De acordo com o Grupamento Aéreo da Polícia Militar de São Paulo, por conta das fortes dores, o montanhista não conseguia se locomover. Os outros três companheiros estavam em condições de descer a Serra, mas permaneceram no local aguardando o resgate do amigo.

Os homens conseguiram contato com o Corpo de Bombeiros no sábado (18) e, na sequência, o Grupamento Aéreo da PM foi acionado para iniciar uma Operação Resgate. Ainda não foi possível retirar os quatro da montanha, pois ela está coberta por nuvens.

De acordo com o socorristas, como o grupo realiza a atividade com certa frequência, eles estão preparados e têm estoque de água e mantimentos. Nesta segunda-feira (20), inclusive, já haviam tentado realizar o resgate por duas vezes, sem sucesso.

A equipe permanece no local aguardando o momento certo para resgatar os outros três homens em segurança. Um helicóptero águia equipado está à disposição para o resgate e uma equipe em terra preparada para receber o grupo.

Montanhista sofre fratura no braço e grupo espera por socorro há três dias em Cananéia

Montanhista sofre fratura no braço e grupo espera por socorro há três dias em Cananéia

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar