Menino de 8 anos se veste de PM e realiza sonho de conhecer batalhão no litoral de SP | Santos e Região

O menino Richard dos Santos Silva, de 8 anos, realizou o sonho de conhecer um batalhão da Polícia Militar (PM). De acordo com o pai, Reginaldo Fernandes da Silva, de 49 anos, o garoto admira as historias contadas sobre o avô, que era PM, e morreu há 15 anos.

A criança esteve no 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior, no bairro Jardim Umuarama, em Itanhaém, no litoral de São Paulo, onde vestiu uma farda sob medida.

“Richard tinha 6 anos quando contei para ele que o avô foi policial militar do choque. A partir daí, ele começou a ter interesse pelo assunto”, disse Reginaldo, que é jornalista aposentado.

Richard realizou o sonho que tem desde os 6 anos de idade — Foto: Arquivo pessoal

O jornalista também contou ao g1 que o filho sonha em ser policial militar ou trabalhar na aeronáutica, e que pretendem conhecer uma base da Força Aérea Brasileira.

Após a visita, e ainda fardado, o garoto foi até a escola onde estuda e cantou o hino nacional com outros alunos. “Como pai é emocionante e gratificante esse desejo do meu filho, de [saber] que no futuro [ele] possa fazer parte do serviço de segurança pública e servir a nação”.

Antes de entrar no batalhão, o menino homenageou os policiais e cantou o hino nacional — Foto: Arquivo pessoal

Um dia como policial militar

A visita ao batalhão foi agendada por meio de um ofício e, no dia marcado, antes de entrar na unidade policial, Richard fez uma homenagem aos agentes de segurança e demonstrou a admiração pela corporação. “Fez uma homenagem ao som do hino nacional. Richard prestou continência para a bandeira em sinal de respeito”, disse o pai.

Policiais militares mostraram ao menino como funciona a rotina de trabalho — Foto: Arquivo pessoal

Além de Richard, havia outro menino de 7 anos conhecendo a unidade. Eles foram recebidos pela Cabo Marlei, que mostrou as repartições e falou sobre o trabalho dos policiais. “A reação do Richard foi de muita alegria”, relatou Silva.

Richard entrou na viatura e recebeu informações sobre os atendimentos policiais — Foto: Arquivo pessoal

As crianças entraram em viaturas e, acompanhadas pelo Cabo Tomas, foram orientadas sobre o funcionamento dos atendimentos das ocorrências, como resgate e chamados feitos pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom).

Ao sair do batalhão, Richard e o pai foram até a escola onde o menino estuda. “Conversei com a direção e fomos até lá. Tocamos o hino nacional na sala de aula, as crianças ficaram em pé, foi lindo”.

Ao sair do batalhão, o menino foi até a escola onde estuda e cantou o hino nacional junto com outros alunos — Foto: Arquivo pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar