Menino atingido por tiro sem perceber faz cirurgia e bala alojada perto do coração é retirada | Santos e Região

A mãe da vítima, Priscila Sabino da Silva, informou que os médicos tentaram, em uma primeira oportunidade, retirar o projétil por meio de cirurgia com vídeo, na quarta-feira (6), mas sem sucesso. “Os médicos fizeram o possível para fazer a retirada da bala por vídeo, mas, infelizmente, não conseguiram”, relata.

Após a primeira tentativa, foi marcada uma nova cirurgia, realizada por um cardiologista nesta sexta-feira (7). Segundo a mãe, durante o procedimento, o profissional conseguiu fazer a retirada da bala, que estava próxima ao coração do adolescente.

Polícia busca autor de disparo que atingiu menino de 13 anos no Réveillon

Polícia busca autor de disparo que atingiu menino de 13 anos no Réveillon

“Deu tudo certo, graças a Deus, ele está bem”, comemora Priscila. De acordo com ela, agora, o filho deve permanecer internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de dois a três dias, conforme a equipe do hospital informou a ela.

Guilherme Carvalho da Silva está internado desde a madrugada do dia 1º, quando foi atingido pelo disparo sem perceber, enquanto brincava na Praça Cora Coralina, no bairro Catiapoã. A mãe dele chegou a pensar que o menino estava com má digestão, quando ele reclamou de dor na barriga, pois ele havia acabado de cear quando foi brincar com os amigos.

A mãe só percebeu que ele havia levado um tiro quando levantou a camisa do adolescente e percebeu um ‘furo’ na região do abdômen, e um pouco de sangue. Eles seguiram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Noroeste, onde foi constatado o ferimento por arma de fogo, e a criança foi encaminhada para a Santa Casa de Santos.

“Ele suportou a dor sem saber que era uma arma de fogo. Graças a Deus, o coração dele está em perfeito estado, não teve nenhum ferimento [no coração]. Fiquei em estado de choque, é uma sensação inexplicável. A sensação é de que a gente não pode fazer nada para ajudar o próprio filho, fica de mãos atadas”, diz.

Menino estava brincando e não percebeu que havia sido atingido por uma bala — Foto: Arquivo Pessoal

O menino passou por uma primeira cirurgia. Depois, a equipe o avaliou, segundo a mãe, e decidiu que não seria preciso fazer a retirada do projétil. No entanto, na noite de terça-feira (4), foi constatada a necessidade de remover a bala, devido a riscos.

A Polícia Militar foi acionada para atender ao caso na manhã seguinte, e encaminhou a ocorrência ao 1º DP de São Vicente, onde foi registrada como lesão corporal e disparo de arma de fogo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a unidade está com diligências em andamento para esclarecer a origem do disparo que feriu o adolescente.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar