Marinha vai investigar as causas e os possíveis responsáveis pelo flutuante de balsa ter sido engolido durante ressaca em SP | Santos e Região

A Marinha do Brasil informou que irá instaurar um inquérito administrativo para apurar as causas e possíveis responsáveis que fizeram o flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga, no litoral de São Paulo, ser engolido pela maré alta instantes antes dos carros passarem pelo local. Um vídeo obtido pelo g1 mostra o momento em que o flutuante afunda completamente (veja abaixo).

Em nota, a Marinha confirmou que uma equipe de peritos foi enviada ao local a fim de verificar os fatos que geraram o incidente, que não deixou feridos e nem indícios de poluição hídrica, mas danificou a estrutura do local de atracação das balsas.

O Departamento Hidroviário (DH) informou que a travessia entre Guarujá e Bertioga segue interditada em razão do rompimento do flutuante, em Guarujá, e que trabalha para realizar a contratação emergencial visando o início da obra até quarta-feira (15).

No momento do incidente, o sistema operava com lentidão em razão da força da maré. O DH afirmou que imediatamente a Marinha que, no mesmo dia, iniciou perícia para identificar as causas do ocorrido com previsão de conclusão até terça-feira (14).

Segundo o Departamento, a manutenção dos flutuantes e pontes de acesso às balsas de todo o sistema é feita mensalmente e, neste mês de junho, já havia sido realizada.

A interdição da travessia é informada aos motoristas por meio de painéis de mensagem variável (PMV’s). Como rota alternativa, o DH orienta que os motoristas utilizam a Rodovia Cônego Domênico Rangoni (SP-055).

O g1 questionou o DH sobre o que será feito no local, se irão reergue o atracadouro, se será reaproveitado ou construído um novo atracadouro, mas não obteve retorno.

Vídeo mostra flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga afundando

Vídeo mostra flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga afundando

Um vídeo obtido pelo g1, na manhã desta segunda-feira (13), mostra o momento em que o flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga é engolido pela maré alta instantes antes dos carros passarem pelo local (veja acima).

Segundo especialistas, o equipamento rompeu por conta da força da maré na tarde do último domingo (12). As informações são do Departamento Hidroviário (DH) do Governo do Estado, que é responsável pelas travessias. O serviço está paralisado e não há previsão de quando será retomado.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar