Mãe de criança com hidrocefalia repudia ‘piada’ de humorista que foi demitido de emissora de TV: ‘passou de todos os limites’ | Santos e Região

Marina, que é internacionalista [formada em Relações Internacionais], é mãe Rael Siqueira de Camargo, de dois anos. Ela disse que ficou sabendo do vídeo da ‘piada’ através de um grupo de mães com filhos prematuros e com hidrocefalia. “Chorei demais ao assistir. Não gosto nem de lembrar, pois eu choro de novo”.

Entenda o que é hidrocefalia

Entenda o que é hidrocefalia

Ela contou que aumenta a revolta o fato de Lins demonstrar não ter noção das dificuldades vividas por pelas famílias e pelas crianças com hidrocefalia.

Marina explicou que Rael possui duas válvulas na cabeça [que regulam a quantidade, direção de fluxo e pressão do líquido]. Na cirurgia para colocar a segunda válvula o médico teria dito: ‘vou colocar a válvula, mas se infeccionar é óbito’. “A gente mora dentro dos hospitais. Fico um mês em casa e dois no hospital”.

A internacionalista ressaltou que não é contra piadas e que, inclusive, já frequentou bastante stand ups [espetáculos de humor]. Porém, não considera que este caso tenha sido uma piada, e sim um comentário ‘infeliz’.

Marina afirma que luta para que o filho continue vivo — Foto: Arquivo pessoal

“Eu acho que ele quer ser famoso a custo da infelicidade alheia. Só que tudo tem um limite, e ele passou de todos os limites. Não teve senso nenhum. Ele acha que ele está certo, que é liberdade de expressão, só que não existe liberdade de expressão quando você desrespeita o outro”.

Na ‘piada’, o humorista comentou sobre a ‘água’ na cabeça da criança, se referindo ao líquido cefalorraquidiano (LCR) ou liquor. O volume anormal de liquor faz com que o cérebro seja comprimido contra os ossos do crânio.

“A gente briga com essa ‘água’ todos os dias para ela não matar nosso filho. E ele fez uma brincadeira desse tipo. A pressão que ela [água] faz no cérebro pode matar a criança. Ele não tem conhecimento nenhum”, afirmou.

Rael mora com a mãe em Santos, no litoral de São Paulo — Foto: Arquivo pessoal

Marina comentou que, além da demissão, Léo Lins precisa ser processado. “Amanhã ele vai fazer piada sobre o autista, depois da síndrome de down, e sobre as milhares de síndromes que existem. Ficar famoso a custo de quê?”

A mãe de Rael compartilhou nas redes sociais uma publicação do neurocirurgião, Daniel Cardeal, que acompanha o filho dela no Hospital das Clínicas, em São Paulo.

A publicação afirma que as falas do humorista são ‘repugnantes e insensíveis’, além de ressaltar que “crianças com hidrocefalia são pequenos heróis que lutam pelas melhores perspectivas de futuro e merecem nosso respeito, atenção, cuidado e, sobretudo, amor”.

Marina compartilhou a nota de repúdio publicada pelo médico que acompanha Rael — Foto: Reprodução

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar