Julgamento de mulher que ameaçou e escreveu mensagens racistas para vizinhos é adiado no litoral de SP | Santos e Região

“Naquele dia, após me ofender, ela subiu até o apartamento, pegou uma garrafa e voltou para ver onde eu estava. Como a moça da portaria disse que não sabia onde eu estava, ela [nutricionista] a xingou e jogou a garrafa no vidro de onde fica a portaria. Foi registrado outro boletim contra ela na ocasião, por injúria e lesão corporal”, disse.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar