Jovens que assistiam ao show do rapper Matuê, em SP, revelam momentos de tensão: ‘é tiro, é tiro’; VÍDEO | Santos e Região

Uma estudante de 18 anos, que prefere não ser identificada, afirmou que ouviu somente pessoas gritando “é tiro, é tiro”, antes da situação começar. “Uns barulhos muito altos começaram, e as pessoas gritavam. Empurraram a multidão em direção à porta de saída na esquerda [do estabelecimento]”.

A jovem conta que, com a correria, ela caiu e foi pisoteada. Ao chegar em casa, percebeu que estava com ferimentos nas costas e em uma das pernas. “O pessoal estava correndo, e muita gente caindo. Até perdi meu tênis e tive que voltar depois para pegar. Foi tenso”, explica.

A jovem conta que, com a correria, caiu e foi pisoteada — Foto: Arquivo Pessoal

Ela afirma ainda que a sensação foi de possível risco de vida. “As pessoas foram saindo da minha frente, aí pensei: ‘Se eu não levar um tiro de bala perdida, vou ser pisoteada por 300 pessoas'”, relembra.

Por sua vez, a esteticista Evillyn Silva, de 21 anos, estava no fundo do estabelecimento, conhecido como Pista. “Quando começou o tumulto, ninguém entendeu nada. Todo mundo começou a correr, a pular as grades, tinha gente sendo pisoteada na minha frente”.

Ela e seu grupo de amigos correram em direção à uma das paredes para tentar entender a situação. “No começo até achei que tivesse sido somente uma briga, me falaram até que tinham jogado um balde no Matuê”.

A esteticista acrescenta que, logo após a multidão começar a se dispersar, um jovem subiu no palco e pegou o microfone para alertar aos demais sobre a situação. “O garoto disse para chamar a ambulância porque tinha um menino baleado no chão”.

Jovens que presenciaram cenário de destruição em show do rapper Matuê em SP relatam momentos de desespero — Foto: Reprodução/ Rap Forte

Após a correria, Evilyn e seu grupo de amigos conseguiu sair do local. “Fiquei lá na frente, esperando meu primo me buscar. A PM chegou e começou a dispersar as pessoas com cassetete. Tinham muitas meninas com pé machucado porque os caras as empurravam para passar por cima, e acabavam pisoteando as pessoas. Foi desesperador, nunca imaginei passar por uma situação dessas em um show. Muita gente levou até garrafada tentando sair, o pessoal passou dos limites para sair”.

Outro jovem, de 18 anos, que também prefere não se identificar, estava na chamada “área VIP”, região que fica mais próxima ao palco. Ele relata que havia grande quantidade de seguranças no local, que, inclusive, ajudaram a socorrer ao homem baleado. Segundo ele, a situação aconteceu no lado direito do palco. “Só escutei os disparos e, quando olhei, todo mundo estava correndo para o lado de fora. Estava eu, minha namorada e duas amigas dela, a gente ficou bem tenso por causa do susto”.

Uma pessoa foi baleada durante tiroteio em show do rapper Matuê em Santos, SP — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Imagens obtidas pela reportagem mostram o show em andamento e o momento em que as pessoas se assustam ao perceber os disparos. No entanto, algumas só perceberam a gravidade da situação após a correria.

Na sequência, o vídeo mostra as pessoas desesperadas e se deitando no chão, correndo pela casa de shows, um ‘cenário de destruição’, com diversas mesas quebradas e espalhadas pelo local. “É triste porque foi um show muito bom, de um artista incrível. Por causa de duas pessoas, milhares foram prejudicados”, disse o jovem.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela Santa Casa, por volta das 4h26, para comunicar a entrada do paciente baleado na unidade. A vítima foi socorrida por populares ao hospital e passou por cirurgia.

Conforme apurado pelo g1, o evento começou por volta das 23h, e o tiroteio ocorreu por volta das 4h.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) em busca de mais informações, mas não recebeu uma resposta até a publicação desta reportagem. Por sua vez, a Santa Casa de Santos alega que não tem autorização para dar informações sobre pacientes.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar