Jovem que teve sangramentos pelo nariz, boca e ouvidos recebe alta após cirurgia em SP e aguarda diagnóstico | Santos e Região

A adolescente que apresentava sangramentos pelo nariz, boca e ouvidos recebeu alta da terceira internação deste ano no Hospital Santa Casa de Santos, no litoral de São Paulo. A paciente passou por uma cirurgia na última semana para a retirada das “glândulas adenoides” – localizadas na parte superior da garganta, atrás do nariz. A família alegou, nesta terça-feira (5), que não houve sinal de sangue desde então.

Em nota, a unidade de saúde aponta que a liberação médica foi concedida no último sábado (2). A jovem já está em casa e agora será acompanhada por um médico otorrinolaringologista. “A paciente não possuía focos de sangramento no momento da alta”, complementa.

Após a cirurgia, o hospital informou ao g1 que o procedimento foi realizado pois as glândulas da adolescentes estavam aumentadas. Entretanto, acrescentou que não era possível dizer se essa era a causa dos sangramentos. O material retirado foi enviado para biópsia.

Jovem sangra por nariz, boca e ouvidos, é internada em SP e mãe se clama por diagnóstico

Jovem sangra por nariz, boca e ouvidos, é internada em SP e mãe se clama por diagnóstico

Até uma nova atualização sobre o caso, a família seguirá em busca de um diagnóstico do problema, que teria começado em 2019. Segundo a mãe da jovem, a diarista Maria Ocilene Soares, apesar da indefinição, o fato de não ter registrado sangramentos após a cirurgia é um ponto positivo.

Estamos mais aliviadas. Agora, podemos voltar para casa e ter uma vida. Ficamos praticamente dois meses sem fazer nada, apenas no hospital

— Maria Ocilene Soares, mãe da jovem que apresentava sangramentos

A família alega que a jovem sofre com os sangramentos no nariz, boca e ouvidos desde abril de 2019. Segundo a mãe, dores no peito ou na cabeça antecediam os episódios. Maria Ocilene ressalta ainda que as ocorrências não respeitavam uma lógica, uma vez que intervalos de até três meses foram identificados pelos familiares entre um caso e outro.

Ainda de acordo com a mãe da adolescente, a família se mobilizou desde os primeiros sangramentos, contudo, mesmo após diversas visitas a outras unidades de saúde, nenhum diagnóstico foi dado.

Neste ano, a jovem passou por três internações. A primeira aconteceu entre 20 de maio e 3 de abril, a segunda entre 8 e 15 de junho, e a terceira entre 26 de junho e 2 de julho.

Adolescente que apresentava sangramentos no nariz, boca e ouvidos foi internada três vezes em Santos (SP) — Foto: Arquivo pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar