Jovem acusado de atropelar e matar adolescente grávida é julgado em Praia Grande, SP | Santos e Região

No teste efetuado no motorista pelo etilômetro, equipamento conhecido como ‘bafômetro’, ficou comprovado que o vendedor estava com 0,94 g/L de álcool no sangue. Ele foi indiciado na Polícia Civil por embriaguez ao volante e por homicídio culposo ao volante, agravado por estar bêbado. Ele permaneceu preso. Em 2020, o acusado foi solto após a Justiça conceder o habeas corpus.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar