Instalação do novo flutuante na travessia entre Guarujá e Bertioga depende da liberação da Marinha | Santos e Região

O DH afirmou ao g1 nesta terça-feira (5) que está aguardando a autorização da Marinha do Brasil para fazer a remoção do atracadouro, que está submerso desde o dia 12 de junho. Desde o dia do acidente, a travessia entre Guarujá e Bertioga está paralisada.

A inspeção da Marinha é obrigatória para o início dos serviços e para a instalação do novo flutuante. A Ordem de Serviço (OS) para a obra emergencial foi assinada pelo Governo Estadual na última sexta-feira (1).

Flutuante custou R$ 3,8 milhões e será instalado para normalizar a travessia de balsas entre Bertioga e Guarujá — Foto: Divulgação

Um vídeo obtido pelo g1 mostra o momento exato em que o flutuante da balsa é engolido pela maré alta instantes antes dos carros passarem pelo local (veja o vídeo abaixo). O equipamento se rompeu por conta da força da maré no dia 12 de junho.

Nas imagens de câmeras de monitoramento é possível ver que assim que a balsa finaliza a manobra para atracar, o flutuante afunda completamente, fazendo o atracadouro inclinar e impossibilitando a travessia dos veículos que estavam na balsa.

O DH ressalta que ninguém se feriu com a quebra da estrutura e garantiu que equipes estão no local para uma avaliação técnica dos reparos necessários.

O local é considerado um dos principais acessos entre as duas cidades litorâneas. A sugestão é que os motoristas utilizem rotas alternativas para chegar ao destino, como a Rodovia Cônego Domênico Rangoni (SP-055).

Vídeo mostra flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga afundando

Vídeo mostra flutuante da balsa entre Guarujá e Bertioga afundando

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar