Idosa cai em golpe no WhatsApp, faz dois empréstimos e tem prejuízo de quase R$ 7 mil | Santos e Região

Uma idosa de 65 anos caiu em um golpe no WhatsApp e teve um prejuízo de aproximadamente R$ 7 mil. Pelo aplicativo de mensagens, uma pessoa se passou por um de seus filhos, e alegando que devia dinheiro a um agiota, se aproveitou do desespero da mulher, que temia por uma nova dor em sua vida – ela já passou pela morte de um dos seus primogênitos.

Ao g1, a vítima, que prefere não se identificar, contou que conseguiu dois empréstimos, pediu adiantamento do salário e até dinheiro emprestado, na tentativa de ajudá-lo. Ela vive em Praia Grande, no litoral de São Paulo, e relata que os contatos foram iniciados no último dia 11, embora o restante da família só tenha ficado sabendo quatro dias depois.

“Nessa brincadeira, de depósito em depósito, coloquei R$ 6.900 [na conta do golpista]. Tive que pegar empréstimos de um lado para o outro, e estou toda endividada. Tenho até que pagar a sogra dele [do filho por quem o golpista se passava, para quem pediu dinheiro emprestado]”, desabafa.

A vítima está em licença médica de seu emprego fixo, por conta do tratamento de um câncer de mama – atualmente, trabalha como autônoma. “Fiquei muito abalada com isso tudo [a morte de um dos seus filhos], e quando essa pessoa se passou pelo outro, e disse que estava ameaçada, enlouqueci. Não suporto passar por mais uma dor como aquela”, conta.

Um boletim de ocorrência foi registrado por ela pela internet. A idosa ainda busca por um desfecho positivo da situação.

“Recebi no meu celular uma mensagem dizendo que ele [seu filho] mudou o número, e que eu deveria salvar o novo. Perguntei se estava tudo bem, mas ele respondeu que ‘não muito’. Perguntei novamente, e ele disse que estava com ‘muitas dívidas’”, explica.

A vítima comenta que os pedidos começaram pouco depois – a primeira transferência foi feita via PIX, no valor de R$ 3.800, quantia que veio do primeiro empréstimo conseguido por ela.

Ela acrescenta que o “filho” pediu para que não comunicasse o fato para sua esposa, pois não gostaria que a companheira soubesse das supostas dívidas.

No mesmo dia, um novo contato foi feito, para que outro valor fosse depositado. “Você só tem isso? Não tem mais, mãe?”, dizia uma das mensagens recebidas. Ao alegar que o valor em sua conta seria usado para pagar as contas do mês, o “filho” não se intimidou, e de forma “desesperada”, pediu a quantia, que foi enviada – a segunda transferência foi de R$ 900.

Após o terceiro pedido, a mulher questionou se o caso se tratava de uma dívida com um agiota. A resposta foi positiva, o que tornou tudo ainda mais assustador para ela. “Pedi um adiantamento para a minha patroa e transferi R$ 1.200 para ele”.

Idosa transferiu R$ 6.900 para o suposto filho — Foto: g1 Santos

A idosa ainda diz que, por conta do desespero, entrou em contato até com a nora – esposa do filho por quem a pessoa se passava -, alegou que precisava de dinheiro, mas não explicou o motivo, como foi instruída a fazer nas conversas. Ao ouvir que a nora não poderia lhe ajudar, entrou em contato com a mãe dela. “Ela me emprestou mais R$ 1.000, e eu depositei”.

Após dias de conversas com o golpista, que aumentava o tom de preocupação com as supostas ameaças, enviando mensagens desesperadas dizendo que “o cara [agiota] está me pressionando”, a idosa tentou outro empréstimo.

O valor conseguido por ela, desta vez, era de R$ 1.600, mas só seria liberado em sua conta nesta segunda-feira (18). O dinheiro não chegou a ser transferido para a pessoa que aplicou o golpe, uma vez que a história chegou antes ao conhecimento dos familiares.

“Na sexta-feira, meu filho veio almoçar na minha casa. Quando ele chegou aqui, perguntei sobre o dinheiro, mas ele não sabia nada sobre isso. ‘Mãe, como eu vou te pedir dinheiro? Preciso te ajudar, não te pedir’, ele disse para mim”. Foi quando descobriu o golpe.

A vítima comenta que, agora, precisará usar o último valor – de R$ 1.600 – para pagar suas próprias contas. “Estou sobrevivendo com esse dinheiro, e vou ficar endividada por muito tempo”.

A mulher ainda trocou algumas mensagens com o golpista durante alguns dias, mas seu filho – o verdadeiro – pediu para que, por enquanto, ela arquive a conversa e não entre mais em contato.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar