Homem é preso com veículo suspeito de envolvimento em furto a relojoaria no litoral de SP | Santos e Região

Um atendente de 18 anos foi preso no bairro Quietude, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na manhã de terça-feira (23), após imagens de monitoramento identificaram que o carro em que ele estava ter suspeita de envolvimento em um furto a uma relojoaria em Itanhaém, ocorrido na segunda-feira (22).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Guarda Civil Municipal (GCM) foi informada de que um veículo na cor prata havia sido visto na região, e que estaria, supostamente, envolvido em um furto a uma relojoaria em Itanhaém.

Durante buscas, o automóvel foi encontrado, e os guardas solicitaram a parada. O condutor parou o carro e tentou fugir a pé, mas foi detido.

Após consulta no sistema de dados da polícia, foi identificado que o veículo estava com sinais de adulteração, e havia sido furtado. A perícia foi solicitada aos institutos Médico Legal (IML) e de Criminalística (IC).

Em nota, a Prefeitura de Praia Grande confirmou que o Centro Integrado de Comando de Operações Especiais (Cicoe) foi acionado no início da manhã de terça-feira, quando um veículo passou por uma das câmeras de reconhecimento de caracteres instaladas nos acessos à cidade.

Segundo a administração municipal, o veículo estava com alerta por ter sido usado em um furto a uma joalheria em Itanhaém. Viaturas foram deslocadas e conseguiram identificar o veículo no bairro Quietude. Durante as diligências, duas armas foram apreendidas.

O caso foi registrado no 1º DP de Praia Grande como receptação, localização/apreensão de objeto e veículo, adulteração de sinal identificador de veículo e posse irregular de arma de fogo.

Um vídeo obtido pelo g1 mostra quatro suspeitos saindo com sacolas após o furto a uma relojoaria em Itanhaém. Nas imagens, é possível ver três deles entrando em um veículo semelhante ao que foi apreendido na terça-feira. Um outro suspeito saiu correndo do local (veja acima).

O g1 solicitou informações à SSP e tentou contato com a Polícia Civil sobre o furto à relojoaria de Itanhaém, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Além da suspeita de ter sido usado em furto a relojoaria, carro é furtado e estava com identificação adulterada — Foto: Antonio Cassimiro/PG no Grau

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar