Guarujá e São Vicente suspendem cirurgias eletivas devido a surtos de gripe e Covid-19 | Mais Saúde

No início da pandemia, cidades da Baixada Santista suspenderam as cirurgias eletivas, ou “não urgentes”, para evitar a propagação da doença, e por conta da lotação das unidades de saúde. Atualmente, além da Covid-19, a região também passa por um surto de Influenza, que influenciou secretarias de Saúde a aumentarem postos de atendimento.

Em nota, a Prefeitura de Guarujá explica que a ameaça da variante ômicron da Covid-19, somada ao surto de gripe, fez com que um novo período de suspensão de procedimentos eletivos iniciasse em janeiro de 2022. A administração pontua que lamenta a medida, mas enfatiza que a julga necessária, considerando o cenário atual.

De forma análoga, a Prefeitura de São Vicente informou também ter suspendido as cirurgias eletivas no início de 2022. A administração esclarece que o grande número de servidores afastados e a superlotação de centros hospitalares influenciaram na medida. Informa, ainda, que pacientes agendados para as próximas semanas serão avisados quanto à remarcação da data.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar