Garrafa de soda cáustica ingerida por adolescente que morreu não seguia as normas da Anvisa; entenda | Santos e Região

O comércio disse, em nota, que Heitor pediu desinfetante e, enquanto aguardava para ser atendido, outro cliente pediu um frasco de soda cáustica. O adolescente, ainda de acordo com o estabelecimento, teria pegado a garrafa, aberto e a colocado debaixo do braço, vindo a derramar parte o produto no chão.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar