Força-tarefa apreende cocaína que estava em casco de navio no Porto de Santos; VÍDEO | Porto Mar

Uma força-tarefa apreendeu, no domingo (21), 57.12kg de cocaína que estavam escondida no casco de um navio no Porto de Santos, litoral de São Paulo. A droga teve que ser retirada por mergulhadores, já que estava em um compartimento da embarcação que fica abaixo da linha de flutuação. O navio continha farelo de soja, que seria enviado para a Amsterdã, na Holanda.

O trabalho integrado da Receita Federal, Polícia Federal, Comandos e Operações Especiais (COE) da Polícia Militar e a Marinha do Brasil, foi ao mar para inspeção do navio. As investigações fazem parte de um esquema de tráfico de drogas em navios.

Droga apreendida do casco de navio no Porto de Santos — Foto: Reprodução

Os policiais retiraram a cocaína no sea chest, um compartimento que fica no casco do navio, abaixo da linha de flutuação. Ele é destinado ao suprimento de água do mar para resfriamento e outras funções. Esse compartimento só pode ser acessado por mergulhadores.

Com essa apreensão, a força-tarefa concluiu a nona ocorrência no mês de agosto. A droga foi apreendida pela Polícia Federal, que seguirá com as investigações.

Apreensão de cocaína no Porto de Santos — Foto: Receita Federal

Operação semelhante ocorreu no dia 17 de agosto, onde foram apreendidos 95.83kg de cocaína escondida no casco de um navio, que seria enviado para a Itália. A embarcação seguia sua rota, quando precisou ancorar na região de fundeio do Porto de Santos, devido à avarias consequentes de uma ventania que atingiu a região.

A ocorrência marítima motivou a inspeção na embarcação. Equipes da Receita Federal e da Polícia Federal, com o apoio do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar e da Marinha do Brasil, foram enviadas para o mar para inspeção.

Durante a inspeção, as equipes encontraram a droga escondida no casco. Os policiais retiraram 64 tabletes de cocaína no sea chest, um compartimento que fica abaixo da linha de flutuação. A droga foi apreendida pela Polícia Federal.

Na terça-feira (16), a Receita Federal e a Polícia Federal realizavam outras duas apreensões de cocaína, em um terminal localizado no Porto de Santos. A droga foi encontrada em dois carregamentos, que tinham como destino o porto de Vado Ligure, na Itália, e de Hamburgo, na Alemanha. Ninguém foi preso.

De acordo com a Receita Federal, os contêineres foram selecionados por meio de critérios objetivos de análise de risco e inspeção por imagens de escâner. Durante os trabalhos, um cão farejador sinalizou positivamente para a presença de drogas.

Na segunda-feira (15) foram apreendidos 561 kg de cocaína, que estava escondida em uma carga de óxido de alumínio com destino ao Porto de Vado Ligure, na Itália.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar