Fã revela autógrafo raríssimo de quando Pelé ainda assinava ‘Edson Arantes’; VEJA | Santos e Região

Numa época onde não existiam selfies ou outras modalidades de fotos, o autógrafo de Pelé, morto na última quinta-feira (29), aos 82 anos, ganhava ares de um joia preciosa. Porém, quando a assinatura do Rei Pelé era acompanhada de “Edson Arantes’, a peça ganha ainda mais valor pela raridade. Pois um fã de Santos, no litoral de São Paulo, guarda essa relíquia há quase 60 anos.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar