Ex-companheiro de atriz trans Rosana Star é preso após descumprir medida protetiva no litoral de SP: ‘morando com um inimigo’ | Santos e Região

O ex-companheiro da atriz e cantora trans Rosana Star, de 54 anos, foi preso por descumprir uma medida protetiva em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Ao g1, ela disse que os dois estavam juntos há quase 7 anos, mas que nos últimos 2 anos o relacionamento ficou abusivo após ele virar usuário de drogas. “Morando com um inimigo, essa que é a verdade. A gente não sabe o que se passa com a pessoa depois de estar nesse nível né?”, disse.

Rosana Star é carioca e começou a carreira nos anos 80 participando do programa Circo Alegre do Carequinha na extinta TV Manchete. Aos 16, ela foi para a TV Globo trabalhar ao lado de Xuxa, no em um quadro circense, e depois participou de vários outros programas de TV. Ela é idealizadora e produtora do maior concurso de beleza trans do Brasil, o Miss Brasil Transex.

Na última segunda-feira (22), por volta das 1h30, policiais militares foram até um endereço no Jardim Marabá para atender uma ocorrência sobre descumprimento de medidas protetivas de urgência.

No local, Rosana Star informou que o ex-companheiro José Júlio de Andrade Alves, de 28 anos, se envolveu com drogas e passou a causar transtornos, como a prática de furtos na casa dela. Além disso, por causa da violência sofrida por ela, medidas protetivas determinaram o afastamento dele.

Os policiais encontraram o homem escondido perto de uma caixa d’água no interior da casa dela. Diante dos fatos, ele foi conduzido à delegacia, onde o delegado determinou a prisão em flagrante. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Mongaguá.

‘Perdi com certeza 100% para as drogas’

Rosana disse que estava sem conseguir dormir e que era obrigada a ficar com a casa toda aberta por causa dele. “Quando fechava, ele arrombava tudo. Ele se escondeu atrás de uma caixa d’água, ele estava preparando alguma coisa”, disse.

Ela contou que o relacionamento estava em um nível completamente abusivo e que Alves começou a roubar objetos da casa. “Vi que não tinha jeito, a coisa foi ficando feia até que ele pegou e puxou o celular da minha mão, machucou meu dedo”.

Onde vou com isso? Ou ele vai me matar [ou não sei]. Não tenho ninguém aqui. A melhor solução é ele ir para a cadeia. Ele era uma pessoa normal, não tinha passagem [criminal]. Desses dois anos para cá que ele começou a desandar por causa das drogas e assim foi a vida dele até chegar nesse patamar”, disse.

Rosana Star falou sobre relacionamento abusivo e que convivia com um inimigo em Mongaguá, no litoral de São Paulo — Foto: Arquivo Pessoal

Rosana reforçou que antes do ex-companheiro usar drogas, ele era um homem trabalhador. “Me ajudava, companheiro. Perdi com certeza 100% para as drogas. Tentei ajudar, mas aí veio o abuso. Fui muito serena nesse momento para resolver“.

A atriz trans afirmou que ao longo da vida viu muitas mulheres sofrendo agressão, mas que foi criada por um pai que cantava e dava amor para a mãe dela. “Sou de família de circo. Vi mulher apanhar de chicote, vi mulher levar paulada na cabeça, queria defender, mas era criança. Tem muitas que se acostumaram com aquilo tudo, com aquela violência toda e ficaram caladas, adoeceram por dentro”.

Rosana ainda contou que teve um caso dentro da família. A irmã, segundo ela, sofreu com um relacionamento abusivo. “E, eu sendo uma mulher trans, uma senhora já, eu tinha que tomar uma atitude né? O mais importante foi isso, o carinho que eu tive porque eu até me emocionei de estar dentro de uma delegacia da mulher. Foi muito interessante”, explicou.

Rosana afirmou que foi muito bem acolhida na delegacia em Mongaguá. “Se eu tivesse em um lugar despreparado, sairia mais chocada ainda. As pessoas acham que porque não sou mulher biológica que eu tenho que me atracar, mas fui serena, quietinha, fui observando tudo o que estava acontecendo em volta. Fui vendo que a coisa estava tomando uma proporção muito agressiva”.

Mais aliviada após a prisão do ex-companheiro, ela disse que nunca imaginou que um dia passaria isso na vida. “Tive outros relacionamentos, mas nunca pensei que ia passar por isso, de uma coisa tão agressiva, uma coisa perigosa, uma coisa de psicopata, sabe?”.

O ex-companheiro, de 28 anos, da cantora e atriz trans Rosana Star, de 54, foi preso após descumprir medida protetiva em Mongaguá, SP — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar