Dentista diagnosticada com hipotireoidismo relata mudanças nos sintomas após tratamento; médico explica doença e faz alerta | Mais Saúde

A dentista Renata Carvalho, de 35 anos, moradora de Guarujá, no litoral de São Paulo, completa dois anos de tratamento do hipertireoidismo em junho. Ela conta ter mais qualidade de vida, após o diagnóstico. Nesta quarta-feira (25), Dia Internacional da Tireoide, o médico endocrinologista Jefferson França ressalta a importância de estar atento a possíveis sinais da doença, como mudanças no humor, dores musculares e dificuldade de concentração, para buscar ajuda e controlar os sintomas.

Renata conta que em abril de 2020 realizou um exame de sangue de rotina e o resultado apontou algumas irregularidades. Na época, a dentista apresentava sintomas como frio extremo, queda de cabelo, unhas quebradiças e letargia [sono e cansaço profundos]. E, em paralelo, a primeira onda de Covid-19 passava pelo Brasil. “Pensei que fosse Covid”. Mas, não era.

Dois meses depois, em junho de 2020, a dentista realizou outro exame sanguíneo, que também apontou irregularidades. Com o segundo exame, ela foi diagnosticada com hipotireoidismo, condição em que a glândula tireoide, que tem como principal função regular o metabolismo, produz quantidade insuficiente de hormônios, o que causa impactos no organismo.

Dentista Renata Carvalho comenta antes e depois do diagnóstico da condição — Foto: Arquivo Pessoal

Renata relembra que, logo após o diagnóstico já iniciou o tratamento com remédios para suprir a produção hormonal que lhe faltava. No início, a dosagem prescrita era de 25mg. Hoje, ela conta que os níveis estão normalizados com tratamento de 50mg diários.

Quase dois anos após o início do tratamento, a profissional conta que sente diferenças notáveis. “Melhorou muito a questão do frio. Ainda sinto, normal, como todo mundo, mas não extremo, e as extremidades não ficam tão frias”. A melhora nas questões de letargia e saúde das unhas também foi percebida pela dentista ao longo do tratamento.

Hipotireoidismo: relato da paciente

Dentista relata sintomas antes e depois de diagnóstico e tratamento de hipotireoidismo

Dentista relata sintomas antes e depois de diagnóstico e tratamento de hipotireoidismo

Ao g1, o médico endocrinologista Jefferson França falou sobre a importância de estar atento aos sintomas que a doença pode causar. Ele comenta que mudanças no humor, dores musculares e dificuldade de concentração estão dentre os possíveis sinais, e devem acender um alerta.

França explica que a tireoide é uma glândula que produz hormônios para regular o metabolismo, e funciona em todas as etapas da vida. Ao apresentar sintomas que num primeiro momento não têm origem exata, é possível que eles tenham relação com a glândula. Aumento ou perda de peso, alteração no humor, cansaço e queda de cabelo sem motivo aparente são indicativos de alerta para a saúde da tireoide.

A não regularização da glândula influencia no funcionamento do metabolismo, que pode responder mais rápido que o esperado, ou de forma mais lenta. Além da velocidade nas respostas do corpo, o especialista cita duas das principais condições diagnosticadas em problemas na tireoide: o hipertireoidismo e o hipotireoidismo.

O hipertireoidismo acontece quando a glândula produz mais hormônios do que deveria, e isso impacta no paciente na forma de perda de peso, calor e suor exagerados, aceleração dos batimentos cardíacos e dificuldade para dormir. Em paralelo, o hipotireoidismo acontece quando a tireoide produz menos hormônios que o esperado, e os sintomas da condição acabam sendo os opostos: ganho de peso, frio extremo, falta de energia e cansaço.

O endocrinologista explica que, na maioria dos diagnósticos, o tratamento é feito com medicamentos que estimulam ou inibem a produção dos hormônios da tireoide. Ressalta, ainda, que em casos mais graves pode ser necessária alguma intervenção cirúrgica. Por fim, o especialista destaca que “nem todo problema de perda ou ganho de peso tem a ver com a tireoide e, por isso, os exames são essenciais”.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar