Casal realiza sonho da adoção e passa primeiro Dia das Crianças com dois filhos: ‘alegria imensa’ | Santos e Região

O desejo em ter filhos ‘do coração’ era um desejo do casal Viviane e André Souza, que moram no litoral de São Paulo. Após 10 anos de casados, diversas tentativas de inseminação e fertilização, os novos papais celebram a alegria de passar o primeiro Dia das Crianças, nesta quarta-feira (12), com os dois filhos adotivos de 4 e 6 anos de idade.

A história de adoção da família Souza começou em 2005, quando a então estudante de Direito Viviane, de 40 anos, fez o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre o tema. Anos depois, ela conheceu e casou com André, de 36 anos.

A advogada contou ao g1 que ‘mergulhou no universo’ da adoção no ano em que se formou em Direito. De acordo com ela, o tema não era muito detalhado na faculdade e, mesmo contrariando o orientador, ela realizou o TCC sobre adoção, assunto que começou a fazer parte da vida dela.

Casal realiza sonho da adoção e passa primeiro dia das crianças com dois filhos adotivos: ‘alegria imensa’ — Foto: Bruna de Lima

Aproximadamente três anos depois, Viviane e André, que é farmacêutico, começaram a namorar. Segundo ela, a adoção sempre esteve nos corações dos dois. “O André só queria um e eu três, aí ele falou: ‘então o meio termo, vamos ter dois, mas com a condição de que um seja filho do coração’. Ali eu vi que tinha encontrado de fato o meu marido, pois compartilhávamos do mesmo sonho”, lembrou.

Em novembro de 2010, a advogada e o farmacêutico se casaram. Após três anos, ela começou a tentar engravidar, mas a gestação não aconteceu de forma natural. Entre 2016 e 2017, o casal iniciou o processo de inseminação e fertilização, que foi interrompido em 2018, quando Viviane precisou tratar um câncer de tireoide. “Tive que enfrentar a luta contra o câncer e graças a Deus eu venci!”.

Viviane e André adotaram duas crianças para completar a família Souza — Foto: Bruna de Lima

Em 2020, após 10 anos de casados, André e Viviane decidiram começar a realizar o sonho de adotar uma criança. “Em meio à pandemia [da Covid-19], conversamos e vimos que estava mais do que na hora de entrar no processo de adoção, já que independentemente do filho biológico vir ou não, o nosso filho do coração estava a nossa espera”, disse Viviane.

O processo para a adoção começou em 2021, com as fases de cursos e entrevistas que, segundo Viviane, demoraram para iniciar por conta da pandemia, pois precisaram ajustar as etapas à uma nova realidade online. A sentença do juiz saiu e o casal entrou na fila para a adoção. Viviane ressalta que foi uma ‘alegria imensa’ e que eles sentiram ‘algo inexplicável’.

Casal realizou o sonho de ter filhos adotivos — Foto: Bruna de Lima

“O Amor de fato é uma escolha! Nós nem tínhamos visto os nossos filhos e já os amávamos. Estamos no processo de aproximação. Mas já temos a identidade de família. Já nos reconhecemos como pais e filhos”, afirmou.

Atualmente, André e Viviane são pais de duas crianças, com 4 e 6 anos de idade. O casal declarou à reportagem do g1 estar vivendo um sonho e que isso ‘é só o início de uma linda história que está sendo construída’. Eles preferiram não mostrar o rosto das crianças para preservá-las, já que o processo de adoção ainda está em andamento.

“Deus nos abençoou demais! Estamos mega felizes com esse primeiro Dia das Crianças. Viver cada momento com eles tem sido incrível. A felicidade não cabe no peito. As crianças estão muito animadas e felizes também por poderem estarem conosco”, comemorou.

Após mais de 10 anos com o desejo de adotar um filho, Viviane e André celebram a adoção de duas crianças — Foto: Bruna de Lima

Casal passou pelo processo de adoção e adotou dois filhos, com 4 e 6 anos — Foto: Bruna de Lima

Família Souza celebra o primeiro dia das crianças como pais e filhos — Foto: Bruna de Lima

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar