Capitão da PM é encontrado morto com um martelo na cabeça; em SP | Santos e Região

O capitão inativo da Polícia Militar [PM], João Alves Lourenço, foi morto a tiros e martelada na madrugada desta quarta-feira (4), em Santos, no litoral de São Paulo. Uma televisão, um gravador de imagens e outros objetos também foram roubados. Até o momento, ninguém foi preso.

O crime aconteceu em uma chácara, no bairro Caruara, por volta das 2 horas. A PM foi acionada para atender a ocorrência de um homem que havia sido encontrado morto e, ao chegar no imóvel, encontraram a porta da sala aberta e o corpo no chão com um martelo no rosto. Segundo apurado pelo g1, o PM também teria levado quatro tiros.

O filho da vítima esteve no local para acompanhar a ação policial e constatou que a televisão da sala havia sido roubada, assim como o gravador da câmera de monitoramento, além dos documentos pessoais e o armamento que pertencia ao capitão.

A Polícia Científica chegou ao local por volta das 4h50 e recolheu o martelo usado no crime. O elemento pode ajudar a identificar a autoria do crime. O helicóptero Águia da PM chegou a ser acionado para contribuir nas investigações.

O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos, como latrocínio.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar