Cachorro ‘rolezeiro’ pega ônibus, desce no ponto final e some de forma ‘misteriosa’ em SP; VÍDEO | Santos e Região

Um cachorro, que atende pelo nome ‘Jorginho Aventureiro’, está desaparecido há mais de 15 dias no litoral de São Paulo. Na última vez em que foi visto, Jorginho havia embarcado em um ônibus na cidade de Guarujá. Em conversa com o g1 nesta segunda-feira (18), Danielle Santos Oliveira, tutora do animal, disse que a família está muito preocupada, apesar de o cão ter um ‘espírito fujão’.

A chaveira Danielle, de 34 anos, contou que Jorginho apareceu na casa dela, no bairro Santa Rosa, há cerca de cinco meses e ficou por lá. Eles adotaram o cachorro que, segundo ela, gosta de ‘dar um rolê’ e acaba desaparecendo, mas sempre volta em pouco tempo.

Jorginho Aventureiro resolveu subir em um ônibus e não foi mais visto — Foto: Jornal O Itapema/Reprodução

“Temos um amor muito grande por ele, mas ele tem esse espírito fujão. Acolhemos ele em casa, mas vai saber se ele já não tinha fugido de outra residência. Ele é fujão, está dentro dele fugir de casa”, afirmou.

Desta vez, o cão aventureiro resolveu dar uma volta de transporte público e desapareceu. Em um vídeo obtido pelo g1 é possível ver Jorginho embarcando em um coletivo e seguindo viagem. (veja vídeo acima)

Cachorro desapareceu em Guarujá há mais de 15 dias — Foto: Arquivo pessoal

“Ele entrou em um ônibus sentido Ferry Boat [balsa] e desceu no ponto final. Estou muito preocupada, pois não sei se ele pegou a balsa para ir para Santos, ou se continua no Guarujá”.

O paradeiro de Jorginho ainda é incerto e é tratado como ‘mistério’ pela dona. Danielle disse que recebeu uma ligação afirmando que o cachorro estava no bairro Vila Maia, a cerca de 5 km de onde ela mora e do Ferry Boat, porém, ao ir até o local, percebeu que era um cão parecido com o dela.

Jorginho tem um porte médio, é marrom, magro e sem raça definida — Foto: Jornal O Itapema/Divulgação

Danielle e a família estão procurando pelo animal de estimação e divulgado fotos na internet. Jorginho tem um porte médio, é marrom, magro e sem raça definida. Segundo apurado pelo g1, muitas pessoas estão ajudando nas buscas pelo animal mas, até a publicação desta reportagem, ele não havia sido encontrado.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar