Brasileira no Big Brother dos EUA tem ‘mudança drástica de humor’ após semana na ‘xepa’ e vira alvo do líder | Santos e Região

Indy Santos, única brasileira nesta edição do Big Brother dos Estados Unidos, ficou com os “sentimentos à flor da pele” após passar uma semana na “xepa” e ver uma colega se aliar a outros competidores. Ao g1, a assessoria de imprensa da participante explicou que os acontecimentos causaram uma mudança drástica de humor. O líder da casa, inclusive, informou a Indy que ela é uma opção de voto.

A semana na “xepa” foi resumida em noites dormidas em um quarto com o tema de “piscina vazia”, ou seja, camas trocadas por boias e cobertores por toalhas. Ela também só pôde se alimentar com “slop” [espécie de composto alimentar feito a partir de uma mistura de aveia, vitaminas, proteína e água].

Pouco depois, ainda segundo a assessoria de imprensa de Indy Santos, Taylor Hale, participante que a brasileira considerava uma colega no reality show, se aliou a Monte Taylor e Joseph Abdin.

“Se revoltou e fechou cara! Até um comentário sobre uma simples sopa foi o suficiente para Indy sentir-se mais isolada”, relatou a equipe, por meio de nota.

Indy Santos, única brasileira no Big Brother dos EUA, dormiu em boias por uma semana após entrar na ‘xepa’ — Foto: Reprodução/CBS

Os novos aliados de Taylor, por sua vez, enxergam a brasileira como uma forte concorrente e estão “trabalhando arduamente para trazê-la também a este novo grupo”, complementou a assessoria.

Apesar da proposta de união, na prova do líder, realizada na última quinta-feira (28), Monte saiu vencedor e avisou Indy que ela pode ser uma das indicadas para o “paredão”, que será formado no próximo domingo (31).

Indy é jornalista, comissária e influenciadora digital. Ela nasceu em Santos, no litoral de São Paulo. Ao g1, a mãe dela contou que Indy chegou a trabalhar como jornalista no Brasil, mas, foi demitida após um corte de gastos. “Ela ficou inconformada porque o sonho dela sempre foi ser famosa, sempre gostou de dançar e sempre foi essa pessoa alegre, generosa e espirituosa. Eu resumo minha filha nessas três palavras”.

Segundo Jovanilda, a filha deixou o Brasil aos 22 anos porque não conseguia emprego e sempre que entregava currículo perguntavam se ela falava inglês fluente. “Aí ela não falava, então disse que iria embora”. A mãe conta que ela resolveu tudo sem falar nada e, quando estava tudo resolvido, comprou a passagem e avisou que ia embora.

Indy Santos, participante do Big Brother dos EUA, sonha em ser famosa desde a infância, diz mãe — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em Los Angeles, Indy trabalhou como faxineira, garçonete e babá, além de freelancer em uma emissora de TV. “Ela queria investir na profissão dela, fez pós-graduação em jornalismo”. Após conquistar a cidadania americana no ano passado, Indy investiu o dinheiro que tinha em um curso de aeromoça e, agora, exerce a profissão em voos internos.

Ao g1, a mãe da brasileira no BBB dos EUA confessou que acredita que a filha vá falar bastante do Brasil no programa, já que ela “nunca negou as origens dela”. A parente também contou que a filha fez faculdade e escreveu o livro ‘Comunidade’, que fala do Morro do Pacheco, no Brasil. “Então acho que ela vai levar muito essa questão da raiz dela”.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar