Bailarina que vendia balas em semáforos no litoral de SP celebra aniversário em centro de dança na Itália: ‘realizei o sonho do meu pai’ | Santos e Região

A bailarina Giovanna Santoro, que vendia balas em semáforos do litoral de São Paulo, celebra nesta segunda-feira (17) o aniversário de 20 anos e a realização de um sonho: estudar em um renomado centro de dança na Itália. Ao g1, a jovem conta que a conquista, além da realização profissional, significa muito para a família, pois era um dos desejos do pai, que morreu quando ela tinha 10 anos.

Giovanna recebera duas bolsas para estudar a dança na Opus Ballet, instituição localizada em Florença, na Itália. Apesar dos períodos de estudo – um de aproximadamente um mês e o outro de três anos – estarem garantidos, ela precisou vender as balas para arcar com os custos da viagem e estadia.

Após vencer mais essa etapa, agora a jovem está na Itália e diz que, neste aniversário ainda não tinha parado para refletir sobre tudo que passou.

Comecei a vender balas aos 13 anos, e nunca me arrependi. Sempre soube que era por um bem maior. A realização de um sonho meu, do meu pai e de toda a minha família.

— Giovanna Santoro, bailarina

Bailarina conta que realizou o sonho do pai, que morreu quando ela tinha 10 anos, ao visitar a Itália — Foto: Arquivo Pessoal

Atualmente, Giovanna está na ‘segunda parte’ do sonho na citada instituição. Em julho, a jovem participou do curso de férias, onde estudou por cerca de duas semanas. Ela retornou ao Brasil no mesmo mês e, em setembro, acertou a ida à Itália para o curso que tem duração de três anos.

Nunca pensei em desistir, mas lembro que coloquei uma foto da Torre de Pisa como plano de fundo do meu celular. Eu olhava para ela todos os dias antes de vender as balas. Quando cheguei aqui, fui até lá e tirei uma foto minha.

— Giovanna Santoro, bailarina

Giovanna estuda no centro mencionado de segunda à sexta-feira, seis horas por dia. “O ensino é bastante rigoroso, mas é o que eu sempre sonhei para a minha vida. Aqui, sinto que todos estão com o mesmo ‘foco’, que é trabalhar com isso. Ninguém está apenas por hobby. É uma vibração diferente”. realizado

Descendente de italianos, a bailarina revelou anteriormente que o maior desejo do pai dela que faleceu quando tinha apenas 10 anos, era levar a família – a jovem, sua mãe e irmã – para conhecer o país europeu. “Ele falava em casa desde que eu me entendo por gente sobre esse sonho”, disse, na ocasião.

Giovanna conta também sobre a emoção que sentiu quando percebeu que realizara o desejo do pai. “No dia 26 de julho, era aniversário dele e eu pensei: ‘Nossa, que surreal, o sonho começou com ele e passou para nós [ela, a mãe e a irmã] e, hoje, estou aqui na Itália’. Fui em uma praça e levei as fotos dele e da minha família para admirar. Por enquanto, só eu estou aqui, mas vivemos isso juntas“.

Jovem de Praia Grande (SP) realiza sonho de estudar ballet — Foto: Arquivo Pessoal

Jovem tenta arrecadar verba para se sustentar durante período de estudos na Itália — Foto: Reprodução/Redes Sociais

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar