Aticca é a mais nova Sociedade de Crédito Direto autorizada pelo Banco Central | Especial Publicitário ATICCA CAPITAL

Especialista em soluções financeiras – mais recentemente também na qualidade de fintech – a Aticca tornou-se, na última quinta-feira (4), a quarta empresa do interior paulista autorizada pelo Banco Central a operar como Sociedade de Crédito Direto (SCD).

Apenas cerca de 60 instituições financeiras do gênero atuam hoje em todo país, praticamente a metade no estado de São Paulo, que agora tem em Araraquara mais um representante, organização cujo portfólio versátil gerou mais de R$ 550 milhões em volume de operações nos últimos dois anos.

Em mais de duas décadas de mercado, antecipação de recebíveis; crédito produtivo; cobrança e terceirização de análise de crédito e risco estão entre as os focos de atuação da Aticca, onde a preocupação de educar o mercado no campo das finanças tem sido outro diferencial, por meio de seu braço dedicado a empréstimos consignados, a Aticca Consig.

“Mesmo antes de o Brasil chegar à situação atual, com mais de 70% das famílias endividadas, já tínhamos como uma de nossas metas promover programas nas áreas do Crédito Consciente e da Educação Financeira, afirma o CEO da fintech, Renato Cardili.

Segundo ele, na Aticca Consig estes conceitos se encontram tanto no aplicativo pelo qual o candidato a empréstimo inicia sua solicitação, até a plataforma de Ensino a Distância (EAD) da empresa, que possui um canal exclusivo para os colaboradores de seus clientes e parceiros.

Este trabalho inclui ainda palestras ministradas via live, ou então nas próprias empresas que se interessem em inserir suas equipes presencialmente na atividade, opção in company revigorada pelo atual recuo nos números da pandemia.

A exemplo de outras fintechs que têm conquistado o direito de trabalhar como SCD, a Aticca Consig comemora a independência de passar a emitir Cédulas de Crédito Bancário (CCB), sem a intermediação de uma instituição financeira parceira, pois ela própria passa a usufruir deste status.

Outro pré-requisito da Resolução Bacen nº 4.656, de 26 de abril de 2018, que criou esta figura jurídica ainda relativamente nova entre nós, é a operação com capital próprio e, exclusivamente, via plataforma eletrônica.

“Nossa estrutura inclui o Aticca FIDC, Fundo de Investimento em Direitos Creditórios que proporciona o funding necessário às operações dessa nova fase de nossa trajetória”, observa Cardili, lembrando que os investimentos em tecnologia feitos até hoje asseguram o perfil eletrônico exigido pelo Bacen de toda SCD.

Fiel à sua vocação natural de oferecer empréstimos consignados para os diversos segmentos da economia, a Aticca Consig vislumbra novos saltos, agora na condição de instituição financeira. Dentre eles, o atendimento a nichos específicos em setores de alto giro, universo no qual se inserem pequenas e médias empresas de alimentos, cosméticos e vestuário, por exemplo.

“Com a nossa operação totalmente verticalizada, poderemos focar, sem nenhuma barreira geográfica, toda a cadeia produtiva de micro e pequenas empresas, que se encontrem em qualquer parte do país, e também pessoas fisicas, usando como trunfo principal a agilidade e a excelência de atendimento que nos trouxeram até aqui”, conclui o empresário.

Jornalista responsável: Wagner Fonseca – MTb 15155


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
EnglishPortugueseSpanish
Fechar
Fechar