'Ainda não sabemos nada dele', diz irmã de refém brasileiro em poder do Hamas



Michel Nizembaun, de 59 anos, vive há mais de 40 anos em Israel, com a neta dos braços.
Reprodução/TV Globo
s
A irmã de Michel Nizembaum, o único brasileiro feito refém pelo Hamas, disse nesta terça-feira (12) não ter qualquer informação sobre o irmão há dois meses, desde que o grupo terrorista invadiu o sul de Israel, matando e sequestrando 1.402 pessoas.
Nizembaum não entrou na leva de reféns libertados durante o período vigente do acordo entre Israel e Hamas, no qual o governo israelense fez uma trégua nos bombardeios e, em troca, os terroristas soltaram prisioneiros.
“Ainda não sabemos nada sobre ele”, disse Mary, a irmã de Michel, em entrevista ao programa Encontro com Patrícia Poeta. “Tem uma luz no fim do túnel, mas não sabemos se está perto da gente. Porque primeiro estão tirando mulheres e crianças, e ele não saiu”.
A pista principal, segundo Mary, é que o Exército de Israel informou à família de Michel que seu computador pessoal foi encontrado na Faixa de Gaza.
Nesta semana, a família do brasileiro se encontrou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
“Temos esperança de que ele possa fazer alguma coisa. Ele prometeu que vai fazer o possível para ajudar a tirar o Michel”, disse Mary Nizenbaum.
A filha de Michel, também em entrevista ao encontro, disse que diariamente conta aos filhos que o avô vai aparecer.
“Falamos com ele de manhã. Ele ia buscar a neta, e, dez minutos depois, ele já não atendia. Quando ligamos, atendeu uma pessoa dizendo que era do Hamas. Soubemos que ele foi ajudar outras pessoas”, disse a filha.


Fonte Original

Compartilhar
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar